Fabrice Coffrini/AFP<br>
Fabrice Coffrini/AFP

Federer atropela belga e é hexacampeão nas quadras da Basileia

Atual número dois do mundo faz 2 a 0 em David Goffin, com duplo 6/2 e confirma grande desempenho jogando dentro 'de casa'

Estadão Conteúdo

26 de outubro de 2014 | 13h01

Poucos tenistas têm desempenho tão impressionante na história de um torneio quanto Roger Federer na Basileia. No quintal de casa, na cidade onde nasceu, o suíço é soberano. Neste domingo, na sua 11.ª final lá, conquistou seu sexto título. Na decisão, menos de uma hora para fazer duplo 6/2 no belga David Goffin.

Além de mais um título diante da torcida que o adora, Federer pode comemorar se aproximar de Novak Djokovic na briga pelo posto de melhor da temporada. Com os 500 pontos que ganhou pela conquista na Basileia, o suíço vai reduzir a 490 a distância dele para o sérvio. Na semana que vem, no Masters 1000 de Paris, Federer pode finalmente pular à frente para tentar retomar a ponta do ranking mundial no ATP Finals de Londres, a partir de 9 de novembro.

Na final deste domingo, o tenista da casa não deu a menor chance para Goffin, belga número 28 do mundo que vinha de 16 vitórias seguidas (incluindo Copa Davis e um Challenger). Foram 81% de aproveitamento no primeiro serviço e incríveis 93% no segundo serviço para Federer, que não deixou o rival sequer pensar em uma quebra de saque.

Quando o belga sacava, Federer conseguia responder bem, tanto que conseguiu duas quebras em cada set para fechar a partida em apenas 51 minutos. Foi o segundo jogo entre eles e a segunda vitória do suíço, que já havia ganhado em Roland Garros/2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.