Federer bate freguês espanhol em Toronto e buscará seu 80.º título

Na decisão, suíço encara Jo-Wilfried Tsonga, contra quem tem vantagem de 11 vitórias e quatro derrotas no confronto direto

Estadão Conteúdo

09 de agosto de 2014 | 22h44

Sem maiores dificuldades, Roger Federer venceu o espanhol Feliciano López por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, neste sábado à noite, e garantiu vaga na final do Masters 1000 de Toronto. Desta forma, o tenista suíço se garantiu na luta pelo título da competição diante do francês Jo-Wilfried Tsonga, que horas mais cedo superou o búlgaro Grigor Dimitrov por 6/4 e 6/3 na outra semifinal.

Na decisão deste domingo, Federer buscará o 80.º título de simples de sua assombrosa carreira, sendo que nesta temporada o recordista de troféus de Grand Slam se sagrou campeão em Halle e em Dubai, além de ter sido finalista de Wimbledon.

O atual terceiro colocado do ranking mundial superou um velho freguês seu para ir à decisão no Canadá. Essa foi a 11.ª vitória em 11 duelos diante de López, hoje o 25.º tenista da ATP. Contra Tsonga, por sua vez, o suíço defenderá uma vantagem de 11 vitórias e quatro derrotas no retrospecto de jogos com o francês, que apenas neste ano já foi batido pelo rival no Aberto da Austrália e no Masters 1000 de Montecarlo.

Neste 11.º confronto diante de López, Federer esteve absoluto com o saque na mão no primeiro set e converteu um de dez break points para assegurar a vantagem inicial de 6/3. Já na segunda parcial, mais uma vez sem oferecer chances de quebra ao espanhol, o suíço foi feliz na única oportunidade que teve de ganhar um game no serviço do adversário para abrir vantagem e depois liquidar o duelo em 6/4.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.