Andy Wong/AP
Andy Wong/AP

Federer comemora 1.º título de Grand Slam após ser pai

'Estou nas nuvens porque penso que joguei algo do melhor tênis da minha vida', afirma o suíço

AE, Agencia Estado

31 de janeiro de 2010 | 11h29

O suíço Roger Federer afirmou que a conquista do título do Aberto da Austrália de 2010 foi especial por uma razão particular. Pai de gêmeas em julho de 2009, o número 1 do mundo lembrou, durante a premiação, que este foi o primeiro Grand Slam vencido por ele após o nascimento das suas filhas.

Veja também:

linkFederer bate Murray e é campeão do Aberto da Austrália

"É um momento especial porque é minha primeira vitória em um Grand Slam como pai", disse Federer, que perdeu a decisão do US Open de 2009 para o argentino Juan Martín del Potro após o nascimento das suas filhas. "Têm seis meses. Pode ser que as veja no ano que vem no público durante a final. Seria fantástico", completou.

Agora com 16 títulos de Grand Slam, Federer, que havia sido vice-campeão do Aberto da Austrália em 2009, disse que fez algumas das melhores partidas da sua carreira neste ano em Melbourne. "Estou nas nuvens porque penso que joguei algo do melhor tênis da minha vida nas últimas duas semanas", disse.

Federer disputou cinco finais no Aberto da Austrália e conquistou quatro títulos (2004, 2006, 2007 e 2010). Com o triunfo deste domingo, ele se igualou a André Agassi, Jack Crawford, Ken Rosewall e Roy Emerson, que também foram campeões quatro vezes do torneio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.