Charles Krupa/AP
Charles Krupa/AP

Federer dá o troco em Tsonga e revê Djokovic na semi

Na semifinal, suíço tentará dar o troco no número 1 do mundo pela eliminação no US Open 2010

AE, Agência Estado

09 de setembro de 2011 | 00h22

Roger Federer reencontrará Novak Djokovic na semifinal do US Open. O suíço se credenciou para o duelo com o atual número 1 do mundo ao derrotar o francês Jo-Wilfried Tsonga, em clima de revanche, por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/3 e 6/3, na noite desta quinta-feira.

Na semifinal, Federer tentará devolver o revés sofrido na edição passada do US Open, quando chegou a desperdiçar match points diante do sérvio. Djokovic, por sua vez, vai buscar a revanche da semifinal de Roland Garros, quando sofreu a derrota que encerrou sua série invicta neste ano. A partida será disputada no sábado.

Para avançar no Grand Slam, Federer impôs forte ritmo nesta quinta, em jogo com clima de vingança contra seu algoz justamente nas quartas de final de Wimbledon, em julho. Tsonga também havia eliminado o suíço no Masters 1000 de Montreal, em agosto.

Federer quebrou o saque do francês logo no terceiro game e abriu vantagem no set inicial antes de a partida ser interrompida pela chuva. O jogo ficou paralisado por quase 1h30min. No retorno, o suíço manteve a vantagem até fechar a parcial.

O enredo se repetiu no segundo set. Federer obteve duas quebras e chegou a abrir 4/1 no placar. Tsonga chegou a encostar no marcador, mas não evitou o revés. A terceira parcial foi mais equilibrada. O suíço só se impôs no serviço do rival no nono game. O francês tentou reagir, mas não conseguiu igualar o volume de jogo de Federer, que fechou a partida após 1h42min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.