Montagem/Estadão
Montagem/Estadão

Federer derrota Raonic e joga contra Djokovic na final de Indian Wells

Decisão registra 38.ª partida entre os 2 tenistas no circuito da ATP

Estadão Conteúdo

21 Março 2015 | 19h21

Os dois velhos adversários e líderes do ranking mundial, o sérvio Novak Djokovic e o suíço Roger Federer, vão reeditar neste domingo a final do ano passado do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos. Será a partida de número 38 entre os dois no circuito da ATP. Desde a primeira partida entre os dois, em 2006, o suíço, número 2 do mundo, soma 20 vitórias e 17 derrotas.

Neste sábado, depois de Djokovic bater o britânico Andy Murray, o suíço ganhou do canadense Milos Raonic por 2 sets a 0 - com parciais de 7/5 e 6/4, após 1 hora e 26 minutos de jogo.

Os números dos dois tenistas são impressionantes. Federer vai para a sua final de número 127 na carreira, em busca do 85.° título, o quinto em Indian Wells. Djokovic joga pelo 50.º troféu da carreira, sendo o 21.º Masters 1000. Ele é tricampeão da competição norte-americana.

A bela partida que Milos Raonic havia feito para superar o espanhol Rafael Nadal nas quartas de final, no dia anterior, não foi suficiente para que a surpresa canadense eliminasse Federer. Apesar das dificuldades, o suíço foi preciso nos momentos decisivos para fazer 2 sets a 0.

Depois de 10 games parecidos entre Federer e Raonic, com ambos cedendo apenas seis pontos em seus games de serviço, o canadense acumulou erros não forçados que permitiram a Federer a primeira quebra na partida. No game seguinte, o suíço manteve a firmeza em seu saque para confirmar a vitória por 7/5.

O momento era favorável e Federer o aproveitou para conquistar uma nova quebra no início da segunda parcial ficando ainda mais próximo de chegar à vitória. Bastou então ao suíço continuar confirmando seus games de saque, enfrentando apenas dois break points, antes de confirmar o nono triunfo em 10 partidas diante do canadense de 24 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.