Federer despacha Safin e vai às oitavas-de-final

Suíço continua firme para retomar a liderança do ranking da ATP e, de quebra, vencer o Aberto da Austrália

AE, Agencia Estado

23 de janeiro de 2009 | 10h54

Roger Federer, número 2 do mundo, se classificou nesta sexta-feira para as oitavas-de-final do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam do ano, e segue firme na briga para igualar o recorde de Pete Sampras e conseguir seu 14º título na principal série de torneios de tênis. O suíço derrotou o russo Marat Safin por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 7/6 (7/5), e pega agora o checo Tomas Berdych, que evitou um duelo suíço ao derrotar Stanislas Wawrinka por 3 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/1, 6/3 e 6/4.Veja também:Torcedor nu invade a quadra em jogo das irmãs Williams Ana Ivanovic é eliminada do Aberto da AustráliaMelo e Sá são eliminados do Aberto da AustráliaDjokovic vence Delic em jogo marcado por violência étnica Jankovic e Safina vão às oitavas no Aberto da Austrália Nos dois primeiros sets contra o velho conhecido Safin, para quem perdeu nas semifinais de 2005 em Melbourne, Federer encaixou seu jogo com tranquilidade e abriu boa vantagem, sem dar chance para o rival, conseguindo várias quebras e mantendo seu saque com facilidade.No terceiro set, porém, Federer reduziu o ritmo, enquanto Safin buscou suas últimas forças e reequilibrou o jogo, levando a decisão para o tie-break sem ceder o serviço nenhuma vez. No desempate, Federer tinha vantagem de 4/2 quando o russo usou sua velha arma, a catimba. Ao cometer um "foot fault", quando o tenista pisa na linha ao tentar o saque, Safin parou o jogo por mais de um minuto, reclamando com o árbitro central e o juiz de linha. Na volta, conseguiu marcar três pontos seguidos, mas depois Federer mostrou sua força com dois aces consecutivos e definiu o jogo numa bela passada em backhand.Mais dois top 10 se garantiram nesta sexta-feira nas oitavas-de-final. O norte-americano Andy Roddick despachou o francês Fabrice Santoro, tenista mais velho a chegar à terceira rodada do Aberto da Austrália na era profissional, ao marcar 6/3, 6/4 e 6/2, e vai enfrentar o espanhol Tommy Robredo, que atropelou o taiwanês Lu Yen-Hsun com 6/1, 6/3 e 6/2. Lu foi o protagonista da maior zebra do torneio masculino até agora, ao despachar o argentino David Nalbandian na segunda rodada - antes, havia vencido o brasileiro Thomaz Bellucci.O argentino Juan Martin del Potro, uma das estrelas ascendentes do circuito, teve bastante dificuldade para superar Gilles Miller, de Luxemburgo, vencendo por 3 sets a 1, com parciais de 6/7 (5/7), 7/5, 6/3 e 7/5, em quase três horas e meia de partida, e enfrenta na próxima fase o croata Marin Cilic, que derrotou o espanhol David Ferrer por 3 a 0, parciais de 7/6 (7/5), 6/3 e 6/4.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.