Greg Baker/AFP
Greg Baker/AFP

Federer é eliminado por espanhol vindo do qualifying em Xangai

Atual campeão, número 3 do mundo é eliminado na estreia

Estadão Conteúdo

13 de outubro de 2015 | 10h06

O atual campeão do Masters 1000 de Xangai foi surpreendentemente eliminado no seu jogo de estreia. Nesta terça-feira, o suíço Roger Federer, número 3 do mundo, caiu precocemente ao ser batido pelo espanhol Albert Ramos-Viñolas, 70º colocado no ranking da ATP e que veio do qualifying, por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/4), 2/6 e 6/3, em 2 horas e 5 minutos.

Federer não entrava em quadra desde o fim de semana dos dias 18, 19 e 20 de setembro, quando contribuiu para manter a Suíça na elite da Copa Davis ao vencer dois jogos de simples - perdeu em duplas - em confronto com a Holanda, disputado em Genebra e válido pela repescagem.

De volta ao palco onde foi campeão no ano passado, Federer acabou sendo eliminado na sua partida de estreia na China, fato raro nesta temporada - até o revés desta terça-feira, o suíço só havia caído no seu primeiro jogo em um torneio no Masters 1000 de Madri, em maio, quando foi superado pelo australiano Nick Kyrgios.

Dessa vez, a derrota de Federer foi para um tenista vindo do qualifying, a quem havia batido no confronto anterior, na primeira rodada da edição de 2012 de Wimbledon. Responsável por um resultado surpreendente, Albert Ramos agora espera a definição do seu próximo adversário em Xangai, que sairá do duelo entre o francês Jo-Wilfried Tsonga e o dominicano Victor Estrella.

Ao menos esse revés não levará Federer a perder pontos na próxima atualização do ranking da ATP, pois os mil relativos ao título de 2014 em Xangai já haviam sido descartados na atualização da lista da última segunda-feira, o que o inclusive o levou a perder a condição de número 2 do mundo para o britânico Andy Murray.

Nesta terça, Ramos salvou os dois break points que Federer teve no primeiro set e se deu melhor no tie-break, fazendo 7/4, para abrir vantagem no duelo. Assim, como havia ocorrido na primeira parcial, Federer não teve o seu saque ameaçado em nenhum momento do segundo set. Mas dessa vez ele foi bem mais efetivo no break points, conseguindo quebras de saque no quinto e sétimo games para aplicar 6/2, forçando a realização da terceira parcial.

No set decisivo, Federer não teve sequer um break point. Além disso, no oitavo game, Albert Ramos pressionou o saque do suíço e conseguiu a quebra. Na sequência, confirmou o seu serviço, fechando a parcial em 6/3 e o jogo em 2 sets a 1, sacramentando a surpreendente eliminação de Federer.

OUTROS JOGOS

Além do espanhol, quem também avançou às oitavas de final em Xangai nesta terça-feira foi o croata Marin Cilic, número 12 do mundo, que derrotou o compatriota Borna Coric, 40º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2.

Ainda pela primeira rodada, o francês Gilles Simon, número 14 do mundo, bateu o georgiano Nikoloz Basilashvili (93º colocado no ranking) por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 4/6 e 6/0. Seu próximo oponente será o argentino Leonardo Mayer. Já o italiano Fabio Fognini (26º) bateu o português João Sousa (45º) por 2 a 0 (7/6 e 6/3) e agora terá pela frente o sul-africano Kevin Anderson.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.