Federer e Nadal são eliminados em Montreal

O tenista suíço Roger Federer, número um do mundo, sofreu uma contundente derrota na sexta-feira no Masters 1000 de Montreal, enquanto o espanhol Rafael Nadal também caiu antes das semifinais.

STEVE KEATING, REUTERS

15 de agosto de 2009 | 12h41

Com os oito melhores jogadores do mundo disputando as quartas-de-final de um torneio da ATP pela primeira vez na história, os torcedores esperavam um dia de grandes jogos, e não saíram decepcionados.

O francês Jo-Wilfried Tsonga venceu Federer por 7-6 (7-5), 1-6 e 7-6 (7-3). Mais tarde, o argentino Juan Martín Del Potro encerrou o sonho de Nadal de defender o título conquistado no ano passado, derrotando-o por 7-6 (7-5) e 6-1.

Com o revés, Nadal pode perder o posto de número dois do mundo se o britânico Andy Murray, que venceu o russo Nikolay Davydenko por 6-2 e 6-4, chegar à decisão de domingo.

Com Federer jogando seu primeiro torneio depois de conquistar o 15o título de Grand Slam, em Wimbledon, e Nadal regressando às quadras após uma ausência de dois meses devido a uma tendinite no joelho, havia poucas esperanças de ambos se enfrentarem na final.

Tsonga acabou com as chances de Federer ao se recuperar de uma desvantagem de 5-1 no terceiro set. O triunfo do francês interrompeu uma sequência de 21 vitórias do suíço.

"Essas coisas acontecem no tênis. As partidas não terminam até o último ponto. Isso ficou claro", afirmou Federer.

Murray pegará Tsonga nas semifinais. Já Del Potro encara Andy Roddick, que derrotou o sérvio Novak Djokovic por 6-4 e 7-6 (7-4).

Tudo o que sabemos sobre:
TENISFEDERERNADAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.