Jason Reed / Reuters
Jason Reed / Reuters

Federer e Nadal vivem expectativa de formarem dupla em torneio amistoso em Praga

Outras estrelas do tênis também estarão presentes em competição que homenageia Rod Laver

Estadão Conteúdo

20 de setembro de 2017 | 13h09

Com o suíço Roger Federer e o espanhol Rafael Nadal sendo parte da mesma equipe na Laver Cup, um torneio amistoso de tênis, as expectativas são grandes sobre a chance de ver os dois como parceiros de duplas.

A competição de três dias no O2 Arena em Praga começa na próxima sexta-feira, com uma equipe dos seis melhores jogadores europeus enfrentando os seis primeiros do resto do mundo. Não serão atribuídos pontos para o ranking da ATP.

Alexander Zverev, Marin Cilic, Dominic Thiem e Tomas Berdych também estão na equipe europeia para enfrentar Sam Querrey, John Isner, Nick Kyrgios, Jack Sock, Denis Shapovalov e Frances Tiafoe.

O torneio é uma homenagear a Rod Laver, dono de 11 títulos de Grand Slams. Ele terá três jogos de simples e um de duplas por dia. Bjorn Bjorg será o capitão da equipe da Europa enquanto John McEnroe exercerá a mesma função no time adversário.

Federer e Nadal foram claros sobre o desejo de atuarem juntos. "Eu joguei muito contra Rafa em tantas ocasiões, em grandes jogos", disse Federer, em Praga. "Eu acho que em nove finais de Grand Slam. Tê-lo finalmente do meu lado é uma alegria. Falamos sobre jogar duplas por muito tempo, muito tempo atrás. Nunca aconteceu. Claro, eu amaria compartilhar o lado da rede desta vez. Temos que ver como serão os treinos, e, depois, Bjorn tomará a decisão final".

Nadal adotou discurso parecido. "Claro, eu adoraria (jogar com Federer). Será incrível se isso acontecer. Nós falamos sobre isso há anos para jogar em alguns torneio juntos. Ainda não aconteceu. Estamos ansiosos para jogar aqui, espero. Vamos ver se o capitão nos permite jogar", afirmou.

Borg ainda não decidiu como formará as duplas, mas sugeriu que "há uma chance muito boa" para Federer e Nadal. "Ele é o capitão, ele é o chefe aqui", disse Nadal. "Estou apenas aqui para tentar fazer o meu melhor, toda vez que o capitão me quiser na quadra, apenas tentarei ajudar o time a ganhar a Laver Cup".

Federer negou que a equipe europeia seja ampla favorita, mesmo contando com os dois primeiros colocados do ranking - Nadal e ele - e apontou que seria empolgante para os torcedores vê-los juntos. "É melhor nos certificarmos de que nós estejamos concentrados em jogar bem nas duplas e se funcionar juntos ao mesmo tempo, seria ótimo. Tenho certeza de que a multidão ficaria absolutamente louca".

Tudo o que sabemos sobre:
TênisRoger FedererRafael Nadal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.