Federer é primeiro suíço a liderar ranking

Roger Federer se tornou nesta sexta-feira o primeiro tenista suíço a liderar o ranking mundial - antes, apenas Martina Hingis tinha conseguido tal feito, mas entre as mulheres. A conquista veio com a vitória sobre o espanhol Juan Carlos Ferrero, por 3 sets a 0, na semifinal do Aberto da Austrália.Com a vaga na final, independente de conquistar o título, Federer já somou pontos suficientes para superar o norte-americano Andy Roddick e se tornar o 23º jogador da história a ocupar a posição de número 1 do mundo. "Estou feliz em chegar à final e honrado por ser o primeiro suíço a liderar o ranking masculino", afirmou.Mas o atual campeão de Wimbledon e do Masters Cup quer mais. Ele enfrentará o russo Marat Safin na decisão em Melbourne, marcada para a madrugada de domingo (1 hora, no horário de Brasília), em busca do título do Aberto da Austrália. O problema é que Safin parece ter voltado mesmo à sua melhor forma e teve uma participação brilhante neste torneio. Depois de um período sem grandes resultados, o campeão do US Open de 2000 eliminou dois favoritos na Austrália, ambos norte-americanos: Andy Roddick, então número 1 do mundo, e Andre Agassi, que buscava o quarto título em Melbourne."Não posso esconder um certo receio de ter pela frente o Safin, que vem jogando bem e sempre fizemos grandes duelos", admitiu Federer.

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2004 | 15h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.