Federer leva susto, mas vira e vai às oitavas de final do US Open

Com o triunfo, o tenista suíço se credencia para encarar na próxima fase o espanhol Roberto Bautista Agut

Estadão Conteúdo

31 de agosto de 2014 | 21h57

Em um jogo que foi paralisado por causa da chuva que atrapalhou a programação de confrontos do dia em Nova York, Roger Federer levou um susto ao ser derrotado por 6/4 no primeiro set do jogo contra o espanhol Marcel Granollers, neste domingo, mas depois reagiu de forma avassaladora ao aplicar um triplo 6/1 para assegurar vaga nas oitavas de final do Grand Slam norte-americano.

Com o triunfo, o tenista suíço se credenciou para encarar na próxima fase o espanhol Roberto Bautista Agut, que na noite deste domingo derrotou o francês Adrian Mannarino por 3 sets a 0, com parciais de 7/5, 6/2 e 6/3.

Em busca do seu sexto título do US Open, o recordista de títulos de Grand Slam foi campeão em Nova York entre 2004 e 2008 de forma consecutiva, mas não começou bem o confronto deste domingo. O espanhol abriu rapidamente 3 a 0, após conseguir uma quebra de saque no segundo game e confirmar seus dois primeiros serviços. O suíço ainda devolveu um break point, mas sofreu nova quebra e caiu por 6/4. Antes disso, com raios e ameaça de chuva, o duelo foi interrompido quando Granollers liderava por 5/2.
" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;

A partir da segunda parcial, porém, Federer foi amplamente dominante. Com três quebras de saque no segundo set, ainda confirmou todos os seus serviços para fazer 6/1. Em seguida, desta vez ao converter dois de quatro break points e não oferecer nenhuma chance de quebra ao rival, repetiu o 6/1. No quarto set, novamente com três quebras como na primeira parcial, sendo a última no sétimo game, o suíço voltou a fazer 6/1 para liquidar o confronto.

Outro jogo atrasado encerrado nesta noite de domingo, depois de também ser interrompido pela chuva, foi o que marcou o avanço de Tomas Berdych às oitavas de final. Sexto cabeça de chave, o checo superou o russo Teymuraz Gabashvili por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 6/4, e assim terá como próximo rival o austríaco Dominic Thiem, de apenas 20 anos, que surpreendeu neste domingo ao bater o espanhol Feliciano López, 19º pré-classificado, por 6/4, 6/2 e 6/3.

Mais conteúdo sobre:
tênisUS OpenRoger Federer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.