AELTC / Ben Solomon / POOL / AFP
AELTC / Ben Solomon / POOL / AFP

Federer mostra bom jogo, vence 'freguês' Gasquet e passa à 3ª rodada em Wimbledon

Ex-número 1 do mundo mostra firmeza e bate o francês Richard Gasquet por 3 sets a 0

Redação, Estadão Conteúdo

01 de julho de 2021 | 16h44

Se a estreia foi mais complicada, o suíço Roger Federer teve nesta quinta-feira uma segunda rodada em Wimbledon bem mais tranquila. Dono de 20 títulos de Grand Slam, o ex-número 1 do mundo e atual oitavo do ranking da ATP mostrou um tênis bem melhor e passou com firmeza sobre o francês Richard Gasquet por 3 sets a 0 - com parciais de 7/6 (7/1), 6/1 e 6/4, depois de 1 hora e 54 minutos.

Freguês do suíço, com agora 19 derrotas em 21 duelos no circuito profissional, Gasquet conseguiu equilibrar o embate no primeiro set, que não teve quebras e foi definido apenas no tie-break. Foi então que Federer elevou o seu nível e mostrou um tênis bem mais agressivo para vencer o desempate e não ter mais problemas para fechar a partida.

Na terceira rodada, Federer terá pela frente o atleta local Cameron Norrie, que despachou o australiano Alex Bolt em sets diretos, com placar final de 6/3, 6/1 e 6/2, após 1 hora e 36 minutos de jogo. Será a primeira vez que o suíço enfrentará o canhoto britânico de 25 anos e atual número 34 do mundo.

Jogador mais velho na chave de Wimbledon, com seus 39 anos e 337 dias, Federer é o tenista mais velho a alcançar a terceira rodada desde Ken Rosewall, que tinha 40 anos e 245 dias, quando conseguiu este feito em 1975 (idade calculada ao final do torneio). Esta foi apenas a 10.ª partida do tenista suíço na temporada, com agora sete vitórias e três derrotas.

Federer comemorou o seu 190.º triunfo sobre a grama e ampliou a vantagem sobre os demais concorrentes no circuito profissional, já que lidera a lista de tenistas em atividade com mais vitórias no piso. Ele também é o atleta que mais títulos conquistou na grama na Era Aberta, somando 19 troféus.

Já o aguardado duelo entre o russo Daniil Medvedev e o jovem espanhol Carlos Alcaraz, válido pela segunda rodada de Wimbledon, acabou sendo dominado pelo atual número 2 do mundo, que deu pouquíssimas chances ao adversário e venceu em sets diretos, anotando parciais de 6/4, 6/1 e 6/2.

Garantido na terceira rodada, Mevdedev iguala assim a sua melhor campanha da carreira no torneio e sonha em ir ainda mais longe, embalado após conquistar seu primeiro título na grama na semana passada, faturando o ATP 250 de Mallorca, na Espanha. Seu próximo rival sairá do confronto entre o croata Marin Cilic e o quali francês Benjamin Bonzi.

Brasil

O brasileiro Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot estão na segunda rodada em Wimbledon. Nesta quinta-feira, a dupla cabeça de chave número 8 confirmou seu favoritismo e derrotou os americanos Nathaniel Lammons e Jackson Withrow por 2 sets a 1 - com parciais de 6/4, 5/7 e 6/4. Os próximos adversários serão os holandeses Sander Arends e Matwe Middelkoop, que venceram o alemão Andre Begemann e o austríaco Jurgen Melzer por 7/6 (7/2), 4/6 e 6/4.

"Muito feliz com o resultado. Acho que foi uma vitória importante para nós, diante de uma dupla muito dura. Dois americanos que têm o costume de jogar juntos, jogam muito bem na superfície rápida. Lukasz jogou também muito bem", afirmou Melo.

"Foi realmente especial estar voltando aqui em Wimbledon e com público. Todo mundo apoiando a gente, tinham alguns brasileiros. Agora vamos firmes para a segunda rodada. Vamos com tudo. Ainda não sabemos quando será o próximo jogo. Mas, estamos muito bem preparados e é seguir adiante", completou o brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.