Kevin Hagen/AP
Kevin Hagen/AP

Federer oscila, mas vence Paire e encara Kyrgios na 3ª rodada do US Open

Suíço exibiu irregularidade no fundo de quadra, mas venceu por 3 sets a 0, com parciais de 7/5, 6/4 e 6/4, em 1h57

Estadao Conteudo

30 Agosto 2018 | 18h34

Ainda buscando sua melhor forma técnica neste US Open, Roger Federer oscilou novamente, mas não chegou a preocupar a torcida diante do francês Benoit Paire, nesta quinta-feira. O suíço exibiu irregularidade no fundo de quadra, mas venceu por 3 sets a 0, com parciais de 7/5, 6/4 e 6/4, em 1h57min de confronto.

Como aconteceu na estreia, Federer falhou mais do que o habitual. Foram 39 erros não forçados ao longo das três parciais, pouco menos que 47 do rival, atual 56º do mundo. O equilíbrio também se viu nas bolas vencedoras: 27 para o vencedor e 25 para o perdedor do jogo.

A irregularidade de Federer se deveu principalmente ao saque oscilante. Foram cinco aces e cinco duplas faltas. Além disso, acertou apenas 58% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço. Neste ritmo, o favorito perdeu o saque por duas vezes, uma no set inicial e outra na última parcial.

O número dois do mundo só não se complicou em quadra porque Paire também estava em dia pouco inspirado. O francês registrou nada menos que 11 duplas faltas. Também cometeu erros diversos no fundo de quadra, favorecendo as eficientes subidas de Federer à rede. Assim, Federer venceu Paire pela sétima vez, em sete jogos disputados entre os dois tenistas.

Na terceira rodada, o dono de cinco títulos vai ter um desafio mais complicado pela frente. Seu adversário será o australiano Nick Kyrgios. O atual 30º do ranking avançou nesta quinta ao superar o francês Pierre-Hugues Herbert por 4/6, 7/6 (8/6), 6/3 e 6/0.

Será apenas o quarto confronto entre os dois tenistas no circuito profissional. Federer lidera por 2 a 1, sem contabilizar o triunfo por W.O. no Masters 1000 de Indian Wells do ano passado.

Ainda nesta quinta, o argentino Diego Schwartzman também se garantiu na terceira rodada ao derrotar o espanhol Jaume Antoni Munar Clar por 6/2, 6/0, 5/7 e 6/2. Na sequência, o 13º cabeça de chave vai encarar o vencedor do duelo entre o japonês Kei Nishikori e o francês Gael Monfils.

Já o alemão Philipp Kohlschreiber despachou o australiano Matthew Ebden por 6/7 (1/7), 6/3, 6/2 e 6/0. E agora fará um confronto totalmente alemã com Alexander Zverev, atual número quatro do mundo, na terceira rodada.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.