Lionel Cironneau/AP
Lionel Cironneau/AP

Federer perde para compatriota e está fora em Montecarlo

Suíço Stanislas Wawrinka, 16.º do ranking, despachou o adversário por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/5

AE, Agencia Estado

16 de abril de 2009 | 13h22

O suíço Roger Federer, número 2 do ranking da ATP, foi surpreendido nesta quinta-feira no Masters 1000 de Montecarlo. Ele caiu por 2 a 0 diante do compatriota Stanislas Wawrinka, 16.º do mundo, com parciais de 6/4 e 7/5, após 1h50min de disputa, descontada a interrupção pela chuva ainda no primeiro set.

Veja também:

linkChuva volta a atrasar programação do Masters 1000 de Montecarlo

linkRoger Federer reconhece que chorou durante seu casamento

Foi a primeira derrota de Federer para o rival, a quem já havia vencido em dois confrontos. O ex-número 1 não perdia para outro tenista suíço desde fevereiro de 2000, quando foi superado por Marc Rosset, em Londres. Daquele dia até hoje, ele havia vencido 11 vezes em duelos com compatriotas.

Agora, Wawrinka está nas quartas-de-final, e terá pela frente o alemão Andreas Beck, que passou pelo argentino Juan Monaco por 2 sets a 1, com 3/6, 6/2 e 7/5. Beck é outra surpresa do torneio - já eliminou Nicolas Kiefer e o francês Gilles Simon.

Quem também já está nas quartas-de-final é o espanhol Fernando Verdasco. O atual número 8 do ranking frustrou as expectativas de um duelo equilibrado com David Ferrer: venceu por 2 sets a 0, com 6/2 e 6/1, em apenas 1h02min de disputa.

Nas quartas, Verdasco enfrentará o vencedor do confronto entre Novak Djokovic e outro espanhol, Albert Montanes, que jogam nesta quinta.

Lionel Cironneau/AP

Depois de derrotar Roger Federer (dir), Stanislas Wawrinka irá enfrentar o alemão Andreas Beck

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.