ChristopheKaraba/EFE
ChristopheKaraba/EFE

Federer poderá encarar Nadal nas quartas de Wimbledon

Sorteio das chaves desenhou uma rota complicada para o suíço, atual campeão do Grand Slam

AE, Agência Estado

21 de junho de 2013 | 09h25

LONDRES - O sorteio das chaves de Wimbledon foi realizado nesta sexta-feira e desenhou uma rota complicada para Roger Federer, atual campeão e sete vezes vencedor do Grand Slam que começará na próxima segunda, em Londres. O tenista suíço poderá encarar o espanhol Rafael Nadal nas quartas de final e o britânico Andy Murray nas semifinais.

Rei no piso de saibro, Nadal já conquistou o título de Wimbledon por duas vezes, enquanto Murray foi finalista do ano passado, quando foi derrotado justamente por Federer, que neste ano irá estrear na capital inglesa diante do romeno Victor Hanescu.

Já na segunda rodada o recordista de títulos de Grand Slam poderá ter pela frente o brasileiro Rogério Dutra Silva, único tenista do País na chave de simples desta edição de Wimbledon, que medirá forças na estreia contra o ucraniano Sergiy Stakhovsky.

No mesmo lado da chave de Federer, Nadal começará a sua campanha na capital inglesa diante do belga Steve Darcis, enquanto Murray terá pela frente o alemão Benjamin Becker e já projeta um possível duelo de quartas de final contra Jo-Wilfried Tsonga, sexto cabeça de chave. O tenista francês, que eliminou Federer da última edição de Rolando Garros, irá estrear contra o belga David Goffin.

ROTA MAIS SUAVE

O sérvio Novak Djokovic, líder do ranking mundial e cabeça de chave número 1 de Wimbledon, não pode reclamar do sorteio desta sexta-feira. Ele irá estrear contra o alemão Florian Mayer e o seu lado da chave só prevê um primeiro duelo mais complicado a partir das oitavas de final, quando poderá encarar o alemão Tommy Haas, que já bateu o sérvio no Grand Slam inglês, em 2009, e ganhou três de oito confrontos que travou com o rival até hoje.

Já nas quartas de final Djokovic poderá ter pela frente o checo Tomas Berdych, sétimo cabeça de chave e um rival perigoso, mas que é um velho freguês do tenista número 1 do mundo. O francês Richard Gasquet, nono pré-classificado e outro que o sérvio se acostumou a bater no circuito profissional, também é um possível adversário para as quartas.

David Ferrer, quarto cabeça de chave, irá estrear contra o argentino Martin Alund e é um possível rival de Djokovic na semifinal. Do mesmo lado da chave do espanhol está o argentino Juan Martín del Potro, que terá como primeiro adversário o também espanhol Albert Ramos e poderá medir forças com Ferrer nas quartas de final.

DUPLAS

A chave de duplas masculinas de Wimbledon também foi sorteada nesta sexta e foi muito ruim para os brasileiros André Sá e Marcelo Demoliner, que atuarão juntos e terá pela frente na estreia os irmãos norte-americanos Mike e Bob Bryan, maiores duplistas da atualidade e cabeças de chave número 1 em Londres.

Já o brasileiro Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya, atuais vice-líderes do ranking mundial de duplas, estrearão contra o norte-americano Eric Butorac e o israelense Andy Ram e poderão encarar os irmãos Bryan nas semifinais.

Outro brasileiro na chave de duplas de Wimbledon, Marcelo Melo irá estrear ao lado do croata Ivan Dodig diante da parceria formada pelo colombiano Santiago Giraldo e o norte-americano Michael Russell.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.