Andy Wong/AP
Andy Wong/AP

Federer reassume vice-liderança do ranking da ATP

Após ser vice-campeão em Xangai, suíço chega aos 7.335 pontos e ultrapassa Djokovic

AE, Agência Estado

18 de outubro de 2010 | 10h09

Vice-campeão do Masters 1000 de Xangai, o suíço Roger Federer deixou o torneio chinês com o consolo de ter retomado a vice-liderança do ranking da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), atualizado nesta segunda-feira. O ex-número 1 do mundo chegou aos 7.335 pontos e ultrapassou o sérvio Novak Djokovic.

A mudança na vice-liderança do ranking da ATP foi definida nas semifinais em Xangai, quando Federer eliminou Djokovic. A briga entre os dois tenistas promete ser acirrada nas próximas semanas, já que o sérvio soma 7.145 pontos e a diferença para o suíço é inferior a 200 pontos. Os dois tenistas também viram o britânico Andy Murray se aproximar. O campeão do Masters 1000 de Xangai chegou aos 6.125 pontos com a vitória sobre Federer na decisão.

Já o espanhol Rafael Nadal permanece na liderança do ranking da ATP, mas com uma vantagem menos folgada. Eliminado nas oitavas de final em Xangai, ele tem 11.880 pontos. Agora, a sua vantagem é de pouco mais de 4.500 pontos. Mesmo assim, ele já está garantido como número 1 até o final da temporada.

Campeão em 2009 em Xangai, o russo Nikolay Davydenko deixou o Top 10 do ranking da ATP ao não conseguir defender o seu título, caindo de sexto para 11º lugar. Assim, o checo Tomas Berdych ascendeu para a sexta colocação, atrás do sueco Robin Soderling. Ele é seguido pelo espanhol David Ferrer, pelo russo Mikhail Youzhny e pelo norte-americano Andy Roddick.

Semifinalista na China, o argentino Juan Monaco subiu 15 posições e está em 26º lugar. Ele está à frente do brasileiro Thomaz Bellucci, que foi eliminado na segunda rodada em Xangai, caiu duas posições e agora está em 27º lugar.

Ranking da ATP, 18/10:

1.º Rafael Nadal (ESP), 11.880 pontos

2.º Roger Federer (SUI), 7.335

3.º Novak Djokovic (SER), 7.145

4.º Andy Murray (GBR), 6.125

5.º Robin Soderling (SUE), 4.825

6.º Tomas Berdych (RCH), 3.715

7.º Fernando Verdasco (ESP), 3.330

8.º David Ferrer (ESP), 3.325

9.º Mikhail Youzhny (RUS), 3.310

10.º Andy Roddick (EUA), 3.260

11.º Nikolay Davydenko (RUS), 2.955

12.º Jurgen Melzer (AUT), 2.650

13.º Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 2.480

14.º Marin Cilic (CRO), 2.330

15.º Gael Monfils (FRA), 2.325

16.º Nicolas Almagro (ESP), 2.175

17.º Ivan Ljubicic (CRO), 2.055

18.º Mardy Fish (EUA), 1.991

19.º Marcos Baghdatis (CHP), 1.930

20.º John Isner (EUA), 1.885

--------------------------------

27.º Thomaz Bellucci (BRA), 1.430

81.º Ricardo Mello (BRA), 645

107.º João Souza (BRA), 529

146.º Thiago Alves (BRA), 361

151.º Marcos Daniel (BRA), 357

163.º Rogério Dutra da Silva (BRA), 317

193.º Júlio Silva (BRA), 267

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.