Federer reclama de ritmo e pega Kiefer

Sem jogar desde a conquista do tricampeonato de Wimbledon, há seis semanas, Roger Federer sentiu a falta de ritmo na sua estréia do Masters Series de Cincinnati e chegou estar perdendo por 3 a 0 no segundo set, antes de reagir e eliminar James Blake por 7/6 (7/3) e 7/5. Nesta quarta-feira, o número 1 do mundo volta a quadra para enfrentar o alemão Nicolas Kiefer. Andy Roddick, que também estreou com vitória (marcou 2 a 0 no austríaco Jurgen Melzer), reabilitou-se da eliminação na primeira rodada no Canadá na semana passada, quando deixou a quadra xingando a marca da bolinha usada na competição. Com a mesma bola, agora em Cincinnati, avançou sem reclamações e enfrenta nesta quarta o espanhol Juan Carlos Ferrero. Quem mostrou força foi o australiano Lleyton Hewitt - finalista de Cincinnati no ano passado. Com uma faixa quadriculada na cabeça, numa espécie de homenagem a Pat Cash, que usava a mesma bandana na conquista de Wimbledon, Hewitt eliminou Igor Andreev por 6/3 e 6/4. O finalista de Roland Garros, Mariano Puerta, caiu na primeira rodada diante de Rob Ginepri por 7/6 e 6/1, enquanto Dominik Hrbaty ganhou de Tomas Johansson, por 6/1 e 7/5, e Paul-Henri Mathieu superou Tommy Haas, por 6/3, 2/6 e 6/1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.