Tertius Pickard/AP
Tertius Pickard/AP

Federer reduz vantagem de Djokovic no ranking após título

Conquista em Brisbane leva suíço a ter 1.000 vitórias na carreira e o faz diminuir liderança do sérvio, que agora tem 1.530 pontos a mais

Estadão Conteúdo

12 de janeiro de 2015 | 09h36

O suíço Roger Federer se aproximou de Novak Djokovic na luta pela liderança do ranking da ATP na atualização desta segunda-feira. Campeão do Torneio de Brisbane no último domingo, quando conquistou a milésima vitória da sua carreira, o suíço somou 250 pontos pela conquista.

Com isso, Federer chegou aos 9.875 pontos e agora está 1.530 atrás de Djokovic, que somou 45 pontos por avançar até as quartas de final do Torneio de Doha na semana passada e chegou aos 11.405. E essa distância dá uma chance remota de Federer ultrapassar o sérvio na atualização do ranking após o Aberto da Austrália. 

Para isso, porém, o suíço teria que ser campeão do primeiro Grand Slam da temporada, enquanto Djokovic precisaria cair até a terceira rodada. No ano passado, Federer avançou até as semifinais no Aberto da Austrália, enquanto Djokovic parou nas quartas de final. 

O espanhol Rafael Nadal segue em terceiro lugar no ranking com 6.585 pontos e viu Stan Wawrinka se aproximar após faturar o título do Torneio de Chennai. O suíço somou 250 pontos e agora está com 5.370, mas não chega a ameaçar Nadal, pois defenderá o título de 2014 do Aberto da Austrália a partir de 19 de janeiro. 

O japonês Kei Nishikori é o quinto colocado da lista com 5.025 e é seguido por uma disputa acirrada pelo sexto lugar. O britânico Andy Murray ocupa o posto com 4.675 pontos, mas com apenas 15 de vantagem para o checo Tomas Berdych, vice-campeão em Doha, e 100 à frente do canadense Milos Raonic, vice em Brisbane. 

Campeão do Torneio de Doha, o espanhol David Ferrer segue na décima colocação no ranking, mas agora está com 4.145 pontos, apenas cinco a menos do que o croata Marin Cilic, que ocupa o nono lugar. 

Mesmo sem entrar em quadra na semana passada, o brasileiro Thomaz Bellucci subiu duas posições na lista e está em 62º lugar com 753 pontos. Já João Souza, conhecido pelo apelido Feijão, somou 20 pontos após avançar até as oitavas de final do Torneio de Doha, ganhou dois postos e agora ocupa a 115ª colocação com 488 pontos.

Confira o ranking atualizado da ATP:

1) Novak Djokovic (SER), 11.405 pontos

2) Roger Federer (SUI), 9.875 

3) Rafael Nadal (ESP), 6.585 

4) Stan Wawrinka (SUI), 5.370 

5) Kei Nishikori (JAP), 5.025 

6) Andy Murray (GBR), 4.675 

7) Tomas Berdych (RCH), 4.660 

8) Milos Raonic (CAN), 4.575

9) Marin Cilic (CRO), 4.150 

10) David Ferrer (ESP), 4.145

11) Grigor Dimitrov (BUL), 3.645

12) Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 2.740

13) Ernests Gulbis (LET), 2.455

14) Feliciano López (ESP), 2.130 

15) Roberto Bautista (ESP), 2.110 

16) Kevin Anderson (AFS), 2.080 

17) Tommy Robredo (ESP), 2.015 

18) Fabio Fognini (ITA), 1.790 

19) Gael Monfils (FRA), 1.770

20) Gilles Simon (FRA), 1.730

62) Thomaz Bellucci (BRA), 753

115) João Souza (BRA), 488

166) André Ghem (BRA), 309

219) Fabiano de Paula (BRA), 224

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.