EFE
EFE

Federer retoma 5º lugar e Rogerinho vira n.º 2 do Brasil

O tenista suíço ultrapassa o checo Tomas Berdych, que volta para a sexta colocação

AE, Agência Estado

16 de setembro de 2013 | 10h12

O ranking da ATP foi atualizado nesta segunda-feira e trouxe como principal novidade o fato de Roger Federer ter reassumido a quinta posição. O tenista suíço ultrapassou o checo Tomas Berdych, que voltou para a sexta colocação mesmo depois de ter defendido com sucesso o seu país nas semifinais da Copa Davis.

Federer acabou beneficiado pelo fato de que Berdych defendia os pontos obtidos em dois jogos de simples que realizou na semifinal da Davis do ano passado, quando também triunfou diante da Argentina. É que desta vez o checo disputou apenas uma partida de simples. Com isso, ele teve descontados 75 pontos e passou a ficar 55 atrás do suíço.

Novak Djokovic, por sua vez, também foi beneficiado nesta segunda-feira pelo fato de que Rafael Nadal realizou apenas um jogo de simples no confronto que a Espanha travou a Ucrânia, pelos playoffs para o Grupo Mundial da Davis. E, como o sérvio disputou duas partidas de simples e venceu ambas diante do Canadá, ajudando a colocar o seu país na final da competição, conseguiu ganhar um pouco de fôlego na liderança. Agora tem 11.120 pontos, contra 10.860 de Nadal, que na semana passada estava apenas 120 pontos atrás do tenista número 1 da atualidade.

Já o britânico Andy Murray e o espanhol David Ferrer se mantiveram nas respectivas terceira e quarta posições, enquanto, atrás de Federer e Berdych, o argentino Juan Martín del Potro, os franceses Jo-Wilfried Tsonga e Richard Gasquet e o suíço Stanislas Wawrinka completam o Top 10. A mudança de posições entre Federer e Berdych, por sinal, foi a única novidade no Top 30 da ATP.

ROGERINHO SOBE

A atualização da listagem da ATP também confirmou nesta segunda-feira Rogério Dutra Silva como novo tenista número 2 do Brasil. Mesmo derrotado nas duas partidas de simples que disputou no duelo contra a Alemanha, pelos playoffs para o Grupo Mundial da Davis, ele se manteve na 127.ª posição no geral e foi beneficiado pela queda de João Souza, o Feijão, que despencou 22 colocações e passou a ocupar o 140.º lugar.

Thomaz Bellucci, também superado nas duas partidas de simples que travou com os alemães neste duelo da Davis, sustentou a 116.ª posição da semana passada e segue como número 1 do Brasil. Já Feijão amargou queda significativa por não ter tido sucesso na tentativa de defender os pontos obtidos pelo título do Challenger de Cali, conquistado no ano passado. Na semana passada, ele foi eliminado na semifinal da edição 2013 da competição colombiana.

Confira o ranking atualizado da ATP:

1.º Novak Djokovic (SER), 11.120 pontos

2.º Rafael Nadal (ESP), 10.860

3.º Andy Murray (GBR), 7.075

4.º David Ferrer (ESP), 6.710

5.º Roger Federer (SUI), 4.515

6.º Tomas Berdych (RCH), 4.460

7.º Juan Martín del Potro (ARG), 4.425

8.º Jo-Wilfried Tsonga (FRA) 3,425 0 23

9.º Richard Gasquet (FRA), 3.165

10.º Stanislas Wawrinka (SUI), 3.150

11.º Milos Raonic (CAN), 2.610

12.º Kei Nishikori (JAP), 2.325

13.º Tommy Haas (ALE), 2.265

14.º Jerzy Janowicz (POL), 2.110

15.º John Isner (EUA), 2.025

16.º Gilles Simon (FRA), 1.950

17.º Fabio Fognini (ITA), 1.945

18.º Nicolás Almagro (ESP), 1.940

19.º Tommy Robredo (ESP), 1.855

20.º Mikhail Youzhny (RUS), 1.825

116.º Thomaz Bellucci (BRA), 480

127.º Rogério Dutra Silva (BRA), 447

140.º João Souza (BRA), 409

193.º André Ghem (BRA), 240

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.