AFP<br>
AFP

Federer se aproxima de Djokovic na liderança e Bellucci vira Top 50

Boa campanha em Valência deixa brasileiro no 43º lugar do ranking; na parte de cima, suíço reduz desvantagem para 2.280 pontos

Estadão Conteúdo

27 de outubro de 2014 | 09h25

A briga pela liderança do ranking da ATP esquentou de vez no final da temporada. Na atualização desta segunda-feira da lista, o sérvio Novak Djokovic permanece na primeira colocação, com 11.510 pontos, mas agora é seguido mais de perto pelo suíço Roger Federer, que foi campeão do Torneio da Basileia no último fim de semana e agora soma 9.280 pontos.

Apesar da vantagem de mais de 2 mil pontos, Djokovic terá um fim de temporada de defesa dos títulos do Masters 1000 de Paris e do ATP Finals, em Londres. E Federer pode se aproveitar caso o sérvio não repita os bons desempenhos no final deste ano para tentar reassumir a liderança do ranking da ATP.

O espanhol Rafael Nadal continua na terceira posição no ranking, com 8.195 pontos, seguido pelo suíço Stan Wawrinka, com 5.385. O checo Tomas Berdych atingiu o quinto lugar da lista, com 4.485 pontos ao ultrapassar o espanhol David Ferrer, agora em sexto com 4.465.

O japonês Kei Nishikori é o sétimo do ranking, com 4.355 pontos, e agora é seguido pelo britânico Andy Murray, que no último fim de semana foi campeão do Torneio de Valência e subiu duas posições na lista ao chegar aos 4.295 pontos.

Assim, ele ultrapassou o croata Marin Cilic, agora em nono lugar, com 4.195 pontos, e o canadense Milos Raonic, em décimo, com 3.930. E a pontuação de todos esses tenistas indica uma disputa acirrada por uma vaga no Top 5 no final deste ano.

Com um bom final de temporada, o brasileiro Thomaz Bellucci voltou na atualização desta segunda-feira ao Top 50 do ranking, onde não figurava desde junho de 2013. Como avançou às quartas de final do Torneio de Valência na semana passada, Bellucci somou 90 pontos e chegou aos 898. Assim, ele pulou 14 posições e atingiu a 43ª colocação.

Como não tem previsto a participação em mais nenhum torneio nesta temporada, Bellucci fecha a temporada com 17 vitórias e 13 derrotas nas competições organizadas pela ATP, sendo semifinalista do Brasil Open, além de ter avançado até as quartas de final do Rio Open e dos Torneios de Munique, Gstaad e Viena.

Além de Bellucci, o Brasil segue com outro tenista entre os 100 melhores do mundo. João Souza, o Feijão, ganhou cinco posições nesta atualização da lista e agora ocupa a 92ª colocação.

Confira a classificação atualizada do ranking da ATP:

1º - Novak Djokovic (SER), 11.510 pontos

2º - Roger Federer (SUI), 9.280

3º - Rafael Nadal (ESP), 8.195

4º - Stan Wawrinka (SUI), 5.385

5º - Tomas Berdych (RCH), 4.485

6º - David Ferrer (ESP), 4.465

7º - Kei Nishikori (JAP), 4.355

8º - Andy Murray (GBR), 4.295

9º - Marin Cilic (CRO), 4.195

10º - Milos Raonic (CAN), 3.930

11º - Grigor Dimitrov (BUL), 3.645

12º - Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 2.660

13º - Ernests Gulbis (LET), 2.465

14º - Feliciano Lopez (ESP), 2.085

15º - Roberto Bautista Agut (ESP), 2.065

16º - John Isner (EUA), 1.970

17º - Tommy Robredo (ESP), 1.970

18º - Kevin Anderson (AFS), 1.945

19º - Gilles Simon (FRA), 1.810

20º - Fabio Fognini (ITA), 1.790

43º - Thomaz Bellucci (BRA), 898

92º - João Souza (BRA), 593

168º - André Ghem (BRA), 313

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.