Federer sobrevive a susto; Nadal avança com facilidade em Doha

O tenista número 1 do mundo, Roger Federer, precisou jogar três sets para alcançar a semifinal do Aberto do Catar, em Doha, nesta quinta-feira, enquanto o número 2 do ranking Rafael Nadal teve um caminho mais fácil, após a desistência de seu adversário.

REUTERS

07 de janeiro de 2010 | 18h44

O suíço Federer sobreviveu a um susto aplicado pelo letão Ernests Gulbis, de 21 anos, antes de conseguir a vitória por 6-2, 4-6 e 6-4. Ele enfrentará na próxima fase o vencedor do confronto entre o russo Nikolai Davydenko e o croata Ivo Karlovic.

Nadal manteve-se rumo a uma final contra Federer quando o belga Steve Darcis abandonou a partida das quartas-de-final com uma lesão nas costas. O espanhol vencera o primeiro set por 6-1 e tinha vantagem de 2-0 no segundo quando o rival decidiu abandonar o confronto.

Nadal enfrentará agora o sérvio Viktor Troicki, que derrotou o polonês Lukasz Kubot por 4-6, 6-4 e 7-6.

"Não era desse jeito que eu gostaria de chegar às semifinais. Sinto muito por Darcis e desejo a ele uma recuperação rápida. Espero que ele jogue o Aberto da Austrália (18 a 31 de janeiro). Quando você não está bem, é melhor parar", disse o espanhol.

Tudo o que sabemos sobre:
TENISCATARFEDERERNADAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.