Maja Hitij/AFP
Maja Hitij/AFP

Federer sofre, mas bate Karlovic e vai à decisão do Torneio de Halle

Suíço precisa de dois tie-breaks para fazer 2 sets a 0 sobre croata

Estadão Conteúdo

20 de junho de 2015 | 10h06

Grande favorito da competição, o suíço Roger Federer confirmou esta condição e garantiu vaga na decisão do Torneio de Halle neste sábado, ao bater o croata Ivo Karlovic. O cabeça de chave número 1, no entanto, teve bastante dificuldade e precisou de dois tie-breaks para fazer 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/3) e 7/6 (7/4), em 1h28min de partida.

O resultado manteve a freguesia de Karlovic diante de Federer, que venceu 13 dos 14 confrontos entre eles. Para levar a melhor neste sábado, no entanto, o suíço precisou superar o potente saque do número 27 do mundo, que havia quebrado o número de aces em um jogo melhor de três sets diante de Tomas Berdych, nas quartas de final, com 45. Neste sábado, foram "somente" 20.

O aproveitamento de Karlovic no serviço dificultou a vida de Federer, que sequer teve oportunidades de quebra ao longo da partida. Mas o suíço também se mostrou em dia inspirado no saque e, se encaixou somente seis aces, cedeu apenas uma oportunidade quebra ao adversário, que não a confirmou.

Assim, os sets só poderiam ser decididos em tie-breaks, e nesta hora a maior categoria e experiência de Federer falaram mais alto. O suíço aumentou o ritmo, soube fazer seu melhor jogo e confirmou a vitória.

Agora, Federer espera para conhecer seu adversário na decisão de Halle. Ele terá pela frente quem avançar da outra semifinal, ainda neste sábado, entre o japonês Kei Nishikori, cabeça de chave 2, e o italiano Andreas Seppi, número 45 do ranking.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.