Lukas Coch/Efe
Lukas Coch/Efe

Federer vence Bolelli de virada e vai à 3ª rodada do Aberto da Austrália

Suíço confirma vitória sobre número 48 do mundo por 3 sets a 1 ao se recuperar de início ruim e agora vai enfrentar Jeremy Chardy

Estadão Conteúdo

21 de janeiro de 2015 | 09h46

O suíço Roger Federer precisou de uma vitória de virada para se garantir na terceira rodada do Aberto da Austrália. Nesta quarta-feira, o número 2 do mundo levou um susto, mas derrotou o italiano Simone Bolelli, 48º colocado no ranking da ATP, por 3 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/3, 6/2 e 6/2, em 2 horas e nove minutos.

Federer foi dominado no primeiro set por Bolelli, que converteu um break point no quarto game, abriu 4/1 e fechou a parcial em 6/3. No segundo set, o suíço devolveu o placar de 6/3, mas a quebra de serviço que encaminhou o seu triunfo foi obtida apenas no oitavo game. 

O terceiro e quarto set foram bem mais fáceis para Federer. O suíço conseguiu quebras de saque no primeiro e quinto game em ambas as parciais e as venceu por 6/2, avançando em Melbourne. Seu próximo adversário será o italiano Andreas Seppi, número 46 do mundo, que venceu o francês Jeremy Chardy (7/5, 3/6, 6/2 e 6/1).

Outro candidato ao título do Aberto da Austrália, o britânico Andy Murray, dono de três vice-campeonatos, avançou com bem mais facilidade nesta quarta-feira. O número 6 do mundo derrotou o australiano Marinko Matosevic, 81º colocado do ranking, por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/3 e 6/2, em 1 hora e 42 minutos. 

Murray teve atuação impecável, com apenas 12 erros não forçados diante dos 49 do seu adversário. Agora, ele terá pela frente o português João Sousa, número 55 do mundo, que vencia Martin Klizan por 4/6, 7/6 (7/4), 6/4 e 1/0 quando o eslovaco abandonou a partida. 

Número 7 do mundo, o checo Tomas Berdych derrotou o austríaco Jurgen Melzer, 108º colocado no ranking, por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/0), 6/2 e 6/2, em 2 horas e 3 minutos. Seu adversário nas oitavas de final será o sérvio Viktor Troicki, número 54 do mundo, que bateu o argentino Leonardo Mayer (6/4, 4/6, 6/4 e 6/0). 

O búlgaro Grigor Dimitrov, número 11 do mundo, se garantiu na terceira rodada em Melbourne ao derrotar o eslovaco Lukas Lacko, 99º colocado no ranking, por 3 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/7 (10/12) 6/3 e 6/3, em 2 horas e 49 minutos. Agora ele terá pela frente o cipriota Marcos Baghdatis, número 78 do mundo, que passou pelo belga David Goffin (6/1, 4/6 e 6/0). 

Número 15 do mundo, o sul-africano Kevin Anderson derrotou o lituano Ricardas Berankis, 85º colocado no ranking, por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/2 e 7/6 (7/3). Em busca de uma vaga nas oitavas de final, ele vai encarar o francês Richard Gasquet, número 28 do mundo, que bateu o australiano James Duckworth(6/2, 6/3 e 7/5). 

Além disso, os australianos Samuel Groth e Nick Kyrgios, o israelense Dudi Sela e o tunisiano Malek Jaziri também triunfaram nesta quarta-feira e se classificaram para a terceira rodada do Aberto da Austrália.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.