Ali Haider/EFE
Ali Haider/EFE

Federer vence e reencontrará velho freguês no Torneio de Dubai

Tenista suíço bateu o espanhol Granollers por 2 sets a 0 e agora pega Nikolay Davydenko

AE, Agência Estado

27 de fevereiro de 2013 | 13h57

DUBAI - O suíço Roger Federer não enfrentou maiores problemas para assegurar classificação às quartas de final do Torneio de Dubai, nesta quarta-feira, ao vencer o espanhol Marcel Granollers por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, em 1h11min de confronto.

Com o tranquilo triunfo, o recordista de títulos de Grand Slam e cabeça de chave número 2 da competição realizada nos Emirados Árabes Unidos reencontrará um velho freguês na próxima fase da competição. Trata-se de Nikolay Davydenko, derrotado em 18 de 20 confrontos travados com o suíço no circuito profissional.

O último duelo entre os dois tenistas aconteceu no Aberto da Austrália, em janeiro, quando Federer venceu por 3 sets a 0. Antes disso, o atual vice-líder do ranking mundial acumulou outros cinco triunfos consecutivos sobre o russo, hoje o 46.º colocado da ATP. Antes desta sequência, o tenista da Basileia foi superado pelo rival em dois jogos seguidos, na semifinal do ATP Finals de 2009, em Londres, e na mesma fase do Torneio de Doha, em 2010.

Para se garantir nas quartas de final em Dubai, Federer iniciou o duelo diante de Granollers jogando de forma sólida. Com 88% de aproveitamento dos pontos que disputou quando encaixou o seu primeiro saque, ele converteu o único break point cedido pelo espanhol na parcial para abrir vantagem e depois fazer 6/3.

Já no segundo set, Federer chegou a salvar três chances de quebra conquistadas pelo seu rival e foi feliz em uma de cinco oportunidades de ganhar games no serviço do adversário para abrir vantagem mais uma vez, antes de sacar para liquidar o jogo em 6/4.

Atual campeão do Torneio de Dubai, Federer busca o seu sexto título da competição e nesta quarta-feira obteve a sua segunda vitória em dois jogos diante de Granollers, derrotado anteriormente pelo suíço justamente no ATP realizado nos Emirados Árabes Unidos, em 2011, quando caiu com as mesmas parciais de 6/3 e 6/4.

Em outro jogo encerrado há pouco tempo em Dubai, o russo Dmitry Tursunov venceu o francês Michael Llodra por 2 sets a 1, com 7/6 (7/5), 2/6 e 6/3, e também foi às quartas de final, fase em que terá pela frente o checo Tomas Berdych, terceiro cabeça de chave da competição.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisTorneio de DubaiRoger Federer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.