Federer vence outro jogo duro e enfrentará Blake na Austrália

Número um do mundo faz 3 sets a 0 no checo Tomas Berdych; confira outros resultados da rodada

SIMON CAMBERS, REUTERS

21 de janeiro de 2008 | 09h58

O tenista número um do mundo, Roger Federer, venceu o segundo jogo duro seguido no Aberto da Austrália, nesta segunda-feira, e admitiu que precisará ser "muito cuidadoso" quando enfrentar o norte-americano James Blake nas quartas-de-final do Grand Slam.   Veja também: Venus volta às quartas na Austrália depois de cinco anos Num dia de vitórias dos principais cabeças-de-chave, Novak Djokovic eliminou o tenista da casa Lleyton Hewitt e David Ferrer venceu o compatriota espanhol Juan Carlos Ferrero. Federer, número 1 do mundo, que busca seu 13.º título de Grand Slam e o tricampeonato consecutivo do Aberto da Austrália, salvou dois set points no segundo set, antes de vencer o tcheco Tomas Berdych por 6/4, 7/6 e 6/3 nas oitavas-de-final. Federer perdeu apenas um set em sete partidas contra Blake na carreira, mas afirmou que o norte-americano 12.º cabeça-de-chave representa uma ameaça a sua campanha em Melbourne. Blake passou pela primeira vez na quarta rodada de um Grand Slam jogando fora de casa ao derrotar o croata Marin Cilic, por 6/3, 6/4 e 6/4. "Ele melhorou muito nos últimos dias", disse Federer a repórteres. "Ele joga um tênis incrivelmente agressivo. Melhorou muito o saque, o backhand. Então terei que ser muito cuidadoso." Depois de ter passado por Janko Tipsarevic com um sofrido 10/8 no quinto set da terceira rodada, Federer venceu o primeiro set com autoridade contra Berdych, mas teve desvantagem de 3/0 no segundo set, até recuperar-se para levar a parcial ao tiebreak. O tcheco liderou por 5/2, mas perdeu dois sets points e permitiu que Federer virasse para 9/7. Na terceira parcial, o suíço voltou a jogar com autoridade e venceu sem sustos. "Graças a Deus que ele não venceu aquele segundo set, porque você nunca sabe o que vai acontecer, porque acho que ele jogou melhor naquele set." O sérvio Djokovic, terceiro cabeça-de-chave, acabou com as esperanças do representante australiano Hewitt ao derrotar o ex-número 1 do mundo por 7/5, 6/3 e 6/3. Djokovic recuperou-se de um primeiro set nervoso para fechar a partida em 2 horas e 26 minutos, e agora enfrentará por uma vaga na semifinal o espanhol David Ferrer. Ferrer, quinto pré-classificado, venceu Ferrero, outro ex-número 1 do ranking, por 7/5, 3/6, 6/4 e 6/1.   Resultados desta segunda-feira nas oitavas-de-final: James Blake (EUA/12) venceu Marin Cilic (CRO) - 6/3, 6/4 e 6/4 Roger Federer (SUI/1) venceu Tomas Berdych (CHE/13) - 6/4, 7/6 (9/7) e 6/3 David Ferrer (ESP/5) venceu Juan Carlos Ferrero (ESP/22) - 7/5, 3/6, 6/4 e 6/1 Novak Djokovic (SER/3) venceu Lleyton Hewitt (AUS/19) - 7/5, 6/3 e 6/3 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.