Martin Meissner/AP
Martin Meissner/AP

Federer vence Seppi e fatura seu oitavo título no Torneio de Halle

Suíço conquista taça com vitória por 2 sets a 0 sobre tenista italiano

Estadão Conteúdo

21 de junho de 2015 | 10h37

O suíço Roger Federer voltou a mostrar que é ele quem dá as cartas quando se trata do Torneio de Halle. Pela oitava vez na carreira, levantou o troféu na competição alemã em quadras de grama. Pior para o italiano Andreas Seppi, que foi derrotado na manhã deste domingo e precisou se contentar com o vice-campeonato.

Número 45 do mundo, Seppi até mostrou mais resistência que o esperado diante do principal cabeça de chave do torneio, mas não resistiu e caiu por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/1) e 6/4, em 1h48min de partida. O italiano lutava apenas pelo quarto título na carreira.

A chegada de Seppi à final, aliás, por si só já foi uma surpresa. E o italiano contou com a sorte para isso, uma vez que tanto nas quartas de final, diante do francês Gael Monfils, quanto nas semifinais, contra o japonês Kei Nishikori, ele contou com o abandono de seus adversários para avançar.

Já Federer não enfrentou a mesma dificuldade pelo caminho e perdeu somente um set em sua caminhada até o título, justamente na estreia para Philipp Kohlschreiber. O jogo deste domingo selou sua décima final em Halle e lhe garantiu o 86.º troféu de sua carreira em torneios de simples no circuito.

Para vencer neste domingo, Federer contou com dia inspiradíssimo no serviço e conseguiu 14, contra somente um do adversário. Quando teve o saque ameaçado, salvou os quatro break points que cedeu.

Seppi até começou melhor e sequer cedeu break points no primeiro set. No tie-break, no entanto, pesou a experiência do suíço, que venceu com facilidade. A segunda parcial seguia sem quebras de ambos os lados até o décimo game, quando Federer pressionou e conseguiu a quebra necessária para vencer.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisTorneio de HalleRoger Federer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.