Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Federer vira freguês de Cañas e é eliminado em Miami

A história se repetiu e o poderoso Roger Federer foi eliminado nas oitavas-de-final do Masters Series de Miami ao ser derrotado nesta terça-feira pelo argentino Guillermo Cañas por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/2), 2/6 e 7/6 (7/5). O tenista sul-americano já havia superado o suíço na segunda rodada do Masters de Indian Wells, quando o líder do ranking de entradas e da Corrida dos Campeões perdeu a invencibilidade de 41 partidas pelo circuito da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP).Este foi o quarto confronto entre os dois atletas, com três triunfos para o argentino. Além das duas vitórias nesta temporada, Cañas já havia batido o adversário no Torneio de Montreal (Canadá), em 2002. A única derrota diante do tenista europeu foi justamente nas semifinais do Masters de Indian Wells, em 2005.Campeão do Brasil Open, na Costa do Sauípe, Cañas venceu o primeiro set no tie-break, mas Federer se recuperou e ganhou com sobras a segunda parcial. No decisivo, o suíço venceu os dois primeiros games e o argentino teve de se desdobrar no terceiro, salvando quatro break points para se manter vivo no jogo. A vitória revigorou Cañas, que devolveu a quebra e, no tie-break, definiu a partida num erro de Federer, após 2h38min de jogo. A derrota deixou Federer visivelmente mal-humorado - ele mal cumprimentou Cañas, ao contrário do caloroso abraço que lhe deu na Califórnia. Com a eliminação, ele perde vários pontos que defendia pelo título conquistado em 2006, e pode ver Rafael Nadal se aproximar um pouco mais no ranking. O espanhol foi eliminado logo na segunda rodada no ano passado, e neste ano ele já está nas oitavas - jogaria na madrugada desta quarta-feira contra o argentino Juan Martin del Potro.Nas quartas-de-final, Cañas pega o espanhol Tommy Robredo, que derrotou o checo Radek Stepanek por 2 a 1, com 7/6 (7/4), 5/7 e 7/6 (7/3), em quase três horas de jogo. O norte-americano Andy Roddick bateu o espanhol David Ferrer por 7/5 e 6/3 e enfrenta o britânico Andy Murray, que venceu o francês Paul-Henri Mathieu por 2/6, 7/5 e 6/3. Outro norte-americano, a surpresa Amer Delic, caiu diante do argentino Juan Ignácio Chela, 6/3 e 6/2. Chela enfrenta agora o croata Ivan Ljubicic, que passou pelo finlandês Jarkko Nieminen por 7/6 (7/4) e 6/4.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.