Federer x Roddick: prêmios garantidos

A força financeira dos "trigres asiáticos" no ATP Tour de Bangcoc, com pagamento de altas garantias financeiras para os principais jogadores do ranking, garantiu para a final do torneio na Tailândia, um duelo digno de uma decisão de Grand Slam, com os dois líderes do ranking: Roger Federer e Andy Roddick. A competição paga oficialmente um total de US$ 550 mil, o que não é, por exemplo, muito mais do que se distribui no Brasil Open, mas com o aval da ATP, jogadores famosos levam um dinheiro extra para promover o evento. A Ásia vem investimento muito no tênis a ponto de ter assegurado a sede do Masters Cup - torneio com os oito melhores da temporada - de 2005 a 2008.Em Bangcoc, a alegria da torcida em ver o número 1 do mundo teve também um preço sentimental. Roger Federer nas semifinais deste sábado eliminou o ídolo local Paradorn Shrichaphan por 7/5, 2/6 e 6/3. Enquanto Roddick deu um show de saque ao superar o ta lentoso russo Marat Safin em três tie breaks, parciais de 7/6 (7/1), 6/7 (7/0) e 7/6 (7/2). O campeão vai receber um prêmio de US$ 76 mil, mas o "por fora" fará cada um dos finalistas embolsar quantias que rondam os US$ 200 mil a US$ 300 mil.Federer este ano já ganhou os títulos de três Grand Slams, Aberto da Austrália, Wimbledon e US Open, venceu também os Masters Series de Indian Wells, Hamburgo e Toronto, e os ATPs de Gstaad, Halle e Dubai. Esta será a terceira final do ano do suíço diante de Roddick. Federer venceu as duas já realizadas, em Wimbledon e Toronto.XANGAI - Em Xangai, um torneio do mesmo nível, terá Guillermo Cañas (que eliminou Jiri Novak por 6/1 e 6/2) e Lars Burgsmuller (ganhou de Kenneth Carlsenn por 7/5 e 6/3) na final deste domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.