Patrick Kovarik/AFP
Patrick Kovarik/AFP

Feijão cai em estreia e Melo vence nas duplas em Roland Garros

Tênis brasileiro inicia dia com uma vitória e uma derrota em Paris

Estadão Conteúdo

26 de maio de 2015 | 10h21

O tênis do Brasil contabilizou uma vitória e uma derrota neste início de terça-feira de disputas em Roland Garros. João Souza, o Feijão, estreou na chave de simples masculina sendo superado pelo espanhol Daniel Gimeno-Traver por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5), 6/4 e 6/4, em Paris. Já Marcelo Melo fez valer a sua condição de terceiro cabeça de chave da disputa de duplas do Grand Slam, ao lado do croata Ivan Dodig, ao abrir campanha superando os alemães Benjamin Becker e Alexander Satschko por 6/2 e 7/6 (7/2).

Para Feijão, atual 78º colocado do ranking mundial, a derrota para Gimeno-Traver foi decepcionante também pelo fato de que o brasileiro havia levado a melhor sobre o rival nos três confrontos anteriores entre os dois. Todos eles foram realizados em 2008, na Costa do Sauipe (BA), em Santiago e em Guayaquil, mas este foi o primeiro embate entre os tenistas pelo circuito principal da ATP.

Com a vitória sobre Feijão, o atual 66º jogador do mundo se credenciou para enfrentar na segunda rodada o seu compatriota David Ferrer, sétimo cabeça de chave, que na estreia arrasou o eslovaco Lukas Lacko por 6/1, 6/3 e 6/1, também nesta terça.

Para despachar o brasileiro em sets diretos, Gimeno-Traver aproveitou quatro de oito chances de quebrar o serviço do rival, que só converteu dois de 12 break points e assim ficou longe de lutar pela vitória. E assim ele também desperdiçou a oportunidade que tinha de poder medir forças com o vice-campeão de 2013 na segunda rodada.

Ferrer, por sua vez, foi dominante diante de Lacko nesta terça. Ele teve o seu saque quebrado por apenas uma vez no confronto e converteu sete de nove break points para seguir em frente na capital francesa de maneira tranquila.

Outro cabeça de chave de destaque que estreou com vitória fácil em um dos jogos já encerrados nesta terça foi o croata Marin Cilic. Nono pré-classificado, ele derrotou o holandês Robin Haase por 3 sets a 0, com 6/2, 6/4 e 6/2. O polonês Jerzy Janowicz, o taiwanês Yen-Hsun Lu e o português João Sousa foram outros tenistas que estrearam com vitória em partidas já terminadas neste dia de confrontos.

DUPLAS

Já Marcelo Melo e Dodig só tiveram maiores dificuldades no segundo set da partida que travaram com Becker e Satschko nesta terça. Com quatro quebras de saque obtidas em nove oportunidades, o brasileiro e o croata ainda viram os alemães converterem dois break points e engrossarem a partida na última parcial, mas depois ele liquidaram o confronto com autoridade no tie-break, finalizado em 7/2.

Com o triunfo na estreia, Melo e Dodig terão pela frente na segunda rodada o espanhol Pablo Andújar e o austríaco Oliver Marach, que nesta terça derrotaram o croata Mate Pavic e o neozelandês Michael Venus por 6/2 e 6/4.

Os melhores resultados de Melo e Dogig em Roland Garros foram os avanços às quartas de final em 2012 e às oitavas de final em 2013, sendo que eles foram às semifinais do US Open do ano passado e do Aberto da Austrália deste ano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.