Feijão é eliminado por austríaco na estreia em Kitzbühel

A má fase de João Souza parece não ter fim. Nesta terça-feira, o tenista brasileiro, conhecido pelo apelido "Feijão", foi eliminado mais uma vez na estreia de um torneio da ATP ao perder para o austríaco Andreas Haider-Maurer, 58º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 6/4, em 1 hora e 43 minutos.

Estadão Conteúdo

04 Agosto 2015 | 14h29

No início de março, Feijão, hoje o número 88 do mundo, vivia um dos melhores momentos da sua carreira. Em sequência, ele foi semifinalista do Brasil Open, parou apenas nas quartas de final do Rio Open, além de ter vencido um jogo do confronto com a Argentina pelo Grupo Mundial da Copa Davis e ter perdido outro, naquele que foi o mais longo duelo da história da competição.

Desde então, porém, ele só vem acumulando derrotas, com exceção de alguns triunfos em torneios de nível challenger. O revés desta terça-feira foi o quinto consecutivo do brasileiro. E curiosamente se deu diante do seu algoz no Rio Open, quando o brasileiro vinha tendo atuações convincentes.

No primeiro set, Feijão conseguiu uma quebra de saque no primeiro game, abriu 3/1, mas depois cedeu o seu serviço no sexto. A parcial, então, seguiu para o tie-break, que foi vencido pelo austríaco.

Feijão voltou a começar melhor no segundo set, conseguindo uma quebra de saque no segundo game, que foi devolvida por Haider-Maurer na sequência. O austríaco converteu mais um break point, no sétimo game, e depois sustentou o seu serviço para aplicar 6/4. Agora Haider-Maurer terá pela frente o compatriota Dominic Thiem, cabeça de chave número 1 em Kitzbühel.

Também nesta terça, o alemão Philipp Kohlschreiber, os espanhóis Nicolas Almagro e Albert Montanes, Spain e o austríaco Jurgen Melzer avançaram na estreia da competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.