Juan Mabromata/AFP
Juan Mabromata/AFP

Feijão pegará Berlocq na abertura pela Davis contra a Argentina

Pelo Grupo Mundial, duelo acontecerá em Buenos Aires nesta sexta

Estadão Conteúdo

05 de março de 2015 | 12h13

Um sorteio realizado nesta quinta-feira em Buenos Aires definiu a ordem das partidas do confronto entre Argentina e Brasil pela primeira rodada do Grupo Mundial da Copa Davis em 2015, que acontecerá na capital argentina. E caberá ao melhor tenista brasileiro no ranking da ATP, João Souza, o Feijão, iniciar o duelo diante de Carlos Berlocq, nesta sexta-feira às 11 horas (de Brasília).

Ainda na sexta, Thomaz Bellucci estreará no confronto diante de Leonardo Mayer, logo após a primeira partida do dia. No sábado, será a vez das duplas. Marcelo Melo e Bruno Soares encararão Federico Delbonis e Diego Schwartzman às 13 horas. Por fim, no domingo, quem entra em quadra primeiro novamente é Feijão, diante de Mayer, às 11 horas. Na sequência, Bellucci duela com Berlocq.

Nas duplas, o favoritismo é todo brasileiro, uma vez que os representantes do País têm ranking bem superior aos dos adversários. Marcelo Melo (terceiro entre os duplistas na ATP) e Bruno Soares (12.º) são esperança de ponto em Buenos Aires diante de Delbonis (241.º) e Schwartman (74.º).

Em simples, a situação se inverte e Mayer (29.º) e Berlocq (67.º) têm o favoritismo nas partidas diante de Feijão (75.º) e Bellucci (87.º). A esperança, então recai sobre Feijão, que vive grande momento.

O brasileiro atravessou as duas melhores semanas da carreira em fevereiro, no Brasil Open e no Rio Open, nos quais chegou, respectivamente, às semifinais e às quartas. O desempenho fez Feijão ocupar o posto de número 1 do País, ultrapassando Thomaz Bellucci, que não vive boa fase, mas foi o grande herói do último triunfo brasileiro na Davis, contra a poderosa Espanha, no ano passado. O resultado garantiu a equipe no Grupo Mundial em 2015.

Feijão e Mayer se enfrentaram no Brasil Open e o brasileiro levou a melhor. O argentino, aliás, não atravessa bom momento e foi eliminado em Buenos Aires, na semana passada, diante do compatriota Juan Monaco. Já Berlocq chegou até às semifinais na competição argentina, na qual caiu diante de Rafael Nadal.

Tudo o que sabemos sobre:
tênisCopa DavisBrasilArgentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.