Geoff Burke/ USA Today Sports
Geoff Burke/ USA Today Sports

Feijão só vence 3 games e perde para Djokovic na estreia no US Open

Brasileiro tem 18 derrotas nos últimos 22 jogos do circuito

Estadão Conteúdo

31 de agosto de 2015 | 19h33

Durou apenas 1 hora e 11 minutos o primeiro duelo de João Souza, o Feijão, com o melhor tenista do mundo na atualidade. Nesta segunda-feira, o brasileiro, que está em 91º lugar no ranking da ATP, foi presa fácil para o sérvio Novak Djokovic, o número 1 do mundo, na primeira rodada do US Open, sendo batido por 3 sets a 0, com um triplo 6/1, em duelo disputado na Arthur Ashe Stadium, em Nova York.

A derrota só ampliou os números negativos de Feijão, que nunca venceu uma partida em torneios do Grand Slam - são sete derrotas. Além disso, após fazer o jogo mais longo da história da Copa Davis, em março, o brasileiro entrou em péssima fase, com 18 derrotas nos últimos 22 jogos no circuito mundial do tênis - o revés diante de Djokovic foi o sétimo seguido.

Sem trabalho para avançar, Djokovic triunfou sem precisar se esforçar muito na estreia em Nova York, onde já foi campeão uma vez. Agora, na segunda rodada, ele vai encarar o vencedor da partida entre o canadense Vasek Pospisil e o austríaco Andreas Haider-Maurer.

Os sets da partida desta segunda foram bem parecidos. No primeiro, Feijão confirmou o seu saque no segundo game, mas depois acabou sucumbindo. No segundo, o brasileiro voltou a vencer o seu primeiro game de serviço, exatamente na abertura do set, para depois perder seis seguidos.

No último set, a situação foi quase idêntica. Feijão venceu o segundo game para fazer 1/1, mas depois foi batido em cinco games seguidos, sendo eliminado do US Open. O brasileiro terminou o jogo com 10 winners e 27 erros não-forçados, diante dos 24 acertos e sete equívocos de Djokovic.

OUTROS JOGOS

Atual campeão do US Open, o croata Marin Cilic largou com vitória na defesa do seu título. Nesta segunda-feira, o número 9 do mundo derrotou o argentino Guido Pella, 94º colocado no ranking, por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 7/6 (7/3) e 7/6 (7/3), em 1 hora e 58 minutos.

Cilic disputa o US Open com grande ameaça de deixar o Top 10 do ranking da ATP. O seu próximo adversário vai ser o ucraniano Evgeny Donskoy (número 139 do mundo), que venceu o francês Lucas Pouille por 3 sets a 1(6/2, 6/7, 6/2 e 6/4).

Em péssima fase, o canadense Milos Raonic estreou bem no US Open. O número 10 do mundo superou o norte-americano Tim Smyczek, 99º colocado no ranking, por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 7/6 (8/6) e 6/1. O canadense disparou 17 aces na sua estreia.

O próximo adversário do canadense em Nova York vai ser o espanhol Fernando Verdasco, o 42º colocado no ranking, que precisou de cinco sets para bater o veterano alemão Tommy Haas, de 37 anos(3/6, 6/1, 6/7, 6/3 e 6/1).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.