Gilvan de Souza/Divulgação
Gilvan de Souza/Divulgação

Feijão vai encarar tunisiano na estreia no Torneio de Doha

Número 90 do mundo, João Souza, escapa de enfrentar favoritos e terá na abertura rival mais fraco e de quem já ganhou anteriormente

Estadão Conteúdo

04 de janeiro de 2015 | 11h28

O brasileiro João Souza, o Feijão, teve sorte na definição da chave do Torneio de Doha, ATP 250 realizado no Catar. O número 90 do mundo escapou da rota dos favoritos na duas primeiras rodadas da competição e vai estrear diante do tunisiano Malek Jaziri, 76º colocado no ranking e convidado da organização.

Feijão e Jaziri só se encontraram uma vez no circuito mundial do tênis e o brasileiro se deu melhor, pois o tunisiano abandonou a partida quando perdia por 6/1 e 3/0, no ano passado, pelo Challenger de Caltasinnetta, na Itália. E em caso de nova vitória, Feijão vai encarar nas oitavas de final o vencedor do confronto entre o argentino Leonardo Mayer e o italiano Andreas Seppi.

O sorteio colocou Feijão no mesmo lado da chave do espanhol Rafael Nadal, que pode ser seu adversário nas quartas de final. Antes disso, o número 3 do mundo estreará contra um tenista vindo do qualifying. Em seguida, se avançar, enfrentará o croata Ivan Dodig ou o egípcio Mohamed Safwat.

Líder do ranking, o sérvio Novak Djokovic vai estrear em Doha diante do compatriota Dusan Lajovic, número 69 do mundo. Em seguida, ele vai enfrentar o vencedor do duelo entre o ucraniano Sergiy Stakhovsky e o local Jabor Al Mutawa. No caminho até a decisão, Djokovic pode encarar o russo Mikhail Youzhny nas quartas de final e o espanhol David Ferrer nas semifinais. 

Número 10 do mundo, Ferrer vai estrear em Doha diante de um tenista vindo do qualifying. Já o checo Tomas Berdych, sétimo colocado no ranking, enfrentará o usbeque Denis Istomin, número 49 do mundo, na primeira rodada, e poderá duelar nas semifinais com Nadal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.