Gaspar Nobrega/Divulgação
Gaspar Nobrega/Divulgação

Feijão vence e será adversário da estreia de Nadal

Brasileiro beneficiou-se da desistência do rival quando vencia por 1 set a 0

AMANDA ROMANELLI E NATHALIA GARCIA, Agência Estado

13 de fevereiro de 2013 | 16h25

SÃO PAULO - O brasileiro João Souza, o Feijão, derrotou o espanhol Ruben Ramirez Hidalgo nesta quarta-feira e avançou à segunda rodada do Brasil Open de tênis, na qual enfrentará o favorito Rafael Nadal, principal estrela do torneio. Para chegar à vitória, Feijão sequer precisou disputar dois sets, já que logo após a primeira parcial, vencida por ele por 7 a 6, Hidalgo precisou abandonar a partida por problemas físicos.

No primeiro set, o brasileiro teve muito trabalho diante do espanhol e só conseguiu a vitória no tie-break, por 8 a 6. Já no fim da parcial, Hidalgo sentiu dores nas costas e chegou a ser atendido pelo médico. No entanto, foi outro problema físico que o tirou da partida. Logo no primeiro game do segundo set, ao tentar uma devolução, ele torceu o pé, desistiu da partida e precisou ser carregado para os vestiários.

Com o resultado, Feijão, número 140 do mundo que passou pelo qualifying para chegar à chave principal do torneio, vai encarar o cabeça de chave número 1: Rafael Nadal. O espanhol é a principal atração da competição, a segunda que ele disputa após se recuperar de problemas no joelho esquerdo - foi vice-campeão no Torneio de Viña del Mar, no Chile, no último domingo.

O brasileiro reconhece que será o jogo mais importante de sua carreira e promete empenho para fazer um jogo equilibrado com o tenista número 5 do ranking da ATP. "Vai ser o maior jogo da minha vida. Vou entrar para ganhar e tenho certeza que a torcida vai torcer para mim. Estou muito confiante e vou entrar para bater de frente"

O tenista ainda admite que já havia pensado sobre a partida contra Nadal, mas sabia que a trajetória seria longa e teria fortes adversários pelo caminho. "Meu objetivo era primeiro passar pelo qualifying, pela primeira partida. Passei por uma, duas, três, e quando saiu o sorteio vi que poderia enfrentá-lo. Claro que você acaba pensando (em enfrentar o Nadal), mas antes tinha que passar pelo Ramirez, que não ia ser um jogo fácil."

Na outra partida já encerrada desta quarta-feira, o espanhol Albert Montañés derrotou o italiano Paolo Lorenzi por 2 sets a 0, com duplo 6/4, e também avançou à segunda rodada do Brasil Open. Agora ele terá pela frente seu compatriota Pablo Andujar, que passou por Santiago Giraldo na rodada inicial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.