Ahmad Yusni/EFE
Ahmad Yusni/EFE

Ferrer atropela italiano na estreia em Kuala Lumpur

Na próxima rodada, espanhol encara o vencedor do jogo entre João Sousa e Pablo Cuevas

AE, Agência Estado

25 de setembro de 2013 | 10h36

KUALA LUMPUR - Cabeça de chave número 1, o espanhol David Ferrer não deu chances para o italiano Matteo Viola nesta quarta-feira, em sua estreia no Torneio de Kuala Lumpur, na Malásia. O número 4 do ranking da ATP não teve nenhuma dificuldade para confirmar seu favoritismo e vencer por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3, em 1h13min de jogo.

Foram seis quebras de serviço para o espanhol, que contou com dez duplas faltas do adversário para confirmar a vitória. O resultado pela segunda rodada do torneio colocou Ferrer nas quartas de final. Agora, ele espera o vencedor do duelo entre o português João Sousa e o uruguaio Pablo Cuevas para conhecer seu adversário.

Mas o dia não foi bom para todos os cabeças de chave. Terceiro favorito da competição, o espanhol Nicolas Almagro foi surpreendido pelo francês Adrian Mannarino e caiu logo na segunda rodada. Mannarino não se importou com o favoritismo do adversário, venceu por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, e pegará nas quartas de final Pablo Andujar ou Julien Benneteau.

Benneteau, aliás, também atuou nesta quarta, mas pela primeira rodada. Cabeça de chave número 5, ele derrotou o polonês Michal Przysiezny por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (8/6) e 6/4. Também pela primeira rodada, o russo Dmitry Tursunov, sexto favorito, bateu o norte-americano Rajeev Ram em dois sets: 7/5 e 6/0.

Mas o dia não era mesmo dos cabeças de chave que atuaram pela segunda rodada. O canadense Vasek Pospisil, sétimo favorito, também foi eliminado nesta quarta. Melhor para o argentino Federico Delbonis, que venceu por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 7/6 (7/1). Delbonis enfrentará nas quartas Jurgen Melzer ou Mischa Zverev.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.