Ferrer atropela Safin no torneio de Monte Carlo

Tenista espanhol mostra superioridade no saibro e segue na competição válida pelo circuito Masters da ATP

REUTERS

23 de abril de 2008 | 10h58

O tenista espanhol David Ferrer precisou de apenas 79 minutos para vencer o russo Marat Safin (6/2 e 6/3) e passar à terceira rodada do torneio Monte Carlo Masters, nesta quarta-feira. Ferrer, que foi finalista no Masters Cup e é o sexto cabeça-de-chave, enfrentará o equatoriano Nicolás Lapenti ou o sérvio Janko Tupsarevic. Nas quartas-de-final, um possível adversário seria seu compatriota Rafael Nadal, que na quarta-feira enfrenta o croata Mario Ancic. Ferrer quebrou duas vezes o serviço do adversário no primeiro set, e mais uma vez no segundo. O match point veio num forehand mandado para fora da quadra pelo russo, ex-número 1 do mundo. Outro russo, Nikolay Davydenko, se saiu melhor na rodada (6/2 e 7/6), embora tenha levado um susto no final do jogo contra o italiano Simone Bolelli. Davydenko, que abandonou a final do Aberto de Estoril no domingo por causa de uma lesão na perna, chegou a abrir 4/1 no segundo set, mas Bolelli conseguiu empatar em 4/4. O russo chegou a cometer uma dupla falta no seu primeiro match point, mas fechou o jogo na chance seguinte, com uma bola colocada. Em seguida, a quadra central foi ocupada pelo suíço Roger Federer, número 1 do circuito, que ganhou do espanhol Rubén Ramírez Hidalgo por 6/1, 3/6 e 7/6, chegando também à terceira rodada do torneio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.