Ferrer e Tsonga avançam às semifinais em Auckland; chuva adia rodada em Sydney

Tetracampeão do Torneio de Auckland, David Ferrer assegurou vaga nas semifinais do ATP 250 realizado na Nova Zelândia ao vencer o checo Lukas Rosol por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4, nesta quinta-feira. Cabeça de chave número 1, o tenista espanhol jogará pela sexta vez esta penúltima fase da competição que serve de preparação para o Aberto da Austrália, Grand Slam marcado para começar na próxima segunda.

Estadão Conteúdo

14 de janeiro de 2016 | 09h53

O rival de Ferrer na semifinal será o norte-americano Jack Sock, que desbancou o favoritismo do sul-africano Kevin Anderson, quarto pré-classificado, com uma vitória por 2 sets a 1, de virada, com 1/6, 6/4 e 6/4.

Para voltar a se garantir na luta por uma vaga em mais uma decisão em Auckland, Ferrer teve uma atuação sólida diante de Rosol. Além de confirmar todos os seus saques, o atual oitavo colocado do ranking mundial converteu três de quatro break points cedidos pelo checo, hoje o 54º da ATP.

Já a outra semifinal em Auckland reunirá o francês Jo-Wilfried Tsonga, segundo cabeça de chave, e o espanhol Roberto Bautista Agut. O primeiro deles avançou no torneio ao superar o italiano Fabio Fognini por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 7/6 (7/4). Já o tenista da Espanha fez bonito ao eliminar o norte-americano John Isner, terceiro cabeça de chave, com parciais de 7/5, 2/6 e 6/3.

SYDNEY - Outro evento de preparação para o Aberto da Austrália, o Torneio de Sydney acabou tendo a sua rodada desta quinta-feira atrapalhada pela chuva, que adiou o término de quase todos os jogos do dia para esta sexta. Assim, o ATP 250 local terá rodadas duplas nesta sexta, com disputas válidas pelas quartas de final e semifinal.

O único confronto concluído nesta quinta em Sydney foi pela chave de duplas. O indiano Rohan Bopann e o romeno Florin Mergea venceram os australianos Sam Groth e John Peers por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4, e serão os rivais do brasileiro Thomaz Bellucci e do argentino Leonardo Mayer nas semifinais.

Já a outra partidas de duplas prevista para o dia foi interrompida por causa da chuva e será reiniciada nesta sexta. Em uma delas, o brasileiro Bruno Soares e o britânico Jamie Murray venciam os australianos Matt Reid e Jordan Thompson por 1 set a 0 (6/4) e o duelo foi adiado quando a segunda parcial estava empatada por 3 a 3.

Quem vencer este duelo terá pela frente nas semifinais os poloneses Lukasz Kubot e Marcin Matkowski, responsáveis pela eliminação do brasileiro Marcelo Melo e do canadense Daniel Nestor na última quarta-feira.

SIMPLES - Já pela chave de simples em Sydney, três dos quatro jogos previstos para o dia foram interrompidos pela chuva e um deles, entre o australiano Bernard Tomic e o russo Teymuraz Gabashvili, sequer pôde ser iniciado. Já o duelo entre o sérvio

Viktor Troicki, terceiro cabeça de chave, e o francês Nicolas Mahut foi parado quando o primeiro set estava empatado em 2 a 2.

Grigor Dimitrov, quarto cabeça de chave, também terá de concluir o jogo que travava com Alexandr Dolgopolov nesta sexta-feira. O duelo foi interrompido quando o búlgaro vencia o terceiro set por 4/2, após ter perdido o primeiro por 4/6 e vencido o segundo por 6/3.

Já o confronto entre Gilles Muller e Jeremy Chardy foi paralisado depois de o luxemburguês ganhar o primeiro set por 7/6, com 7/5 no tie-break.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.