Ferrer vence na estreia em Auckland e André Sá perde nas duplas

Tenista profissional desde 1996, o brasileiro André Sá ainda não conseguiu vencer no início da temporada 2016. Após cair em seu primeiro jogo em Doha no Catar, o brasileiro agora foi eliminado logo na sua estreia na chave de duplas do Torneio de Auckland, ATP 250 neozelandês disputado em quadras duras.

Estadão Conteúdo

13 de janeiro de 2016 | 10h16

Sá e o australiano Chris Guccione perderam para o croata Mate Pavic e o neozelandês Michael Venus por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2, em apenas 51 minutos, perdendo para a dupla que eles haviam superado no ano passado, no Torneio de Metz.

Dessa vez, porém, Sá e Guccione não conseguiram aproveitar as chances que tiveram para vencer os oponentes, não convertendo nenhum dos cinco break points que tiveram durante o duelo. Já Pavic e Venus conseguiram três quebras de saque, assegurando a vitória.

Já pela chave de simples, o espanhol David Ferrer estreou com vitória em Auckland. Dono de quatro títulos do torneio neozelandês, o número 8 do mundo avançou ao derrotar o local Matthew Barton, 299º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4, em 1 hora e 5 minutos.

Assim, Ferrer se recuperou da derrota no seu primeiro jogo na temporada, no Torneio de Doha. Nas quartas de final, o espanhol terá pela frente o checo Lukas Rosol, 54º colocado no ranking, que bateu o francês Benoit Paire, número 18 do mundo, por 2 a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/5).

Em duelo de norte-americanos, John Isner, o número 11 do mundo, superou Sam Querrey (60º) por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (10/8), 6/7 (4/7) e 6/4. Agora ele terá pela frente o espanhol Roberto Bautista Agut (25º), que bateu Donald Young, também dos Estados Unidos, por 2 a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/3).

Número 12 do mundo, o sul-africano Kevin Anderson avançou em Auckland ao aplicar um duplo 7/6 no holandês Robin Haase (64º). Seu próximo oponente vai ser o norte-americano Jack Sock (26º), que superou o canadense Vasek Pospisil por 6/2 e 6/4.

Já o italiano Fabio Fognini (21º) aplicou duplo 6/1 no holandês Thiemo de Bakker e vai ser o oponente do francês Jo-Wilfried Tsonga, número 10 do mundo, nas quartas de final do Torneio de Auckland.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.