Ferrero e Ferrer avançam e fazem revanche em Acapulco

Os dois tenistas espanhóis disputaram a final do ATP de Buenos Aires, com vitória de Juan Carlos Ferrero

AE, Agencia Estado

27 de fevereiro de 2010 | 12h02

A final do Torneio de Acapulco será um repetição da decisão ocorrida no último domingo, em Buenos Aires. Assim como na competição argentina, os espanhóis Juan Carlos Ferrero e David Ferrer venceram seus jogos pelas semifinais na noite desta sexta-feira e se credenciaram para decidir o título no saibro mexicano, neste sábado. Em Buenos Aires, Ferrero levou a melhor sobre o compatriota.

Buscando os 500 pontos que o torneio dá ao campeão, Ferrero começou bem a partida diante do argentino Juan Monaco. No entanto, o número 16 do mundo só precisou vencer o primeiro set por 7/5 diante do 30.º colocado da ATP. Logo após o final da primeira parcial, Monaco abandonou a partida por lesão, dando de bandeja a vaga ao espanhol.

Na outra semifinal, Ferrer precisou suar bem mais para passar pelo chileno Fernando González, número 12 do mundo. O espanhol chegou a perder o primeiro set, mas conseguiu a virada por 2 a 1, com parciais de 6/7 (4/7), 6/0 e 6/4. Agora, o 17.º do ranking mundial tentará se vingar de Ferrero, que vem embalado e também já venceu neste ano o Brasil Open, na Costa do Sauipe.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.