Divulgação
Divulgação

Francesca Schiavone decepciona e perde em estreia no WTA de Florianópolis

Italiana não resistiu à checa Barbora Strycova e caiu por 2 sets a 1, parciais de 6/4, 1/6 e 7/5

AE, Agência Estado

24 de fevereiro de 2014 | 16h45

FLORIANÓPOLIS - Uma das tenistas mais aguardadas pelo público catarinense no Torneio de Florianópolis, a italiana Francesca Schiavone voltou a decepcionar no Brasil, nesta segunda-feira. Após cair na estreia no Rio Open, na semana passada, ela foi eliminada logo em sua primeira partida no torneio de nível WTA sediado na capital catarinense.

Schiavone, ex-Top 10 e campeã de Roland Garros em 2010, não resistiu à checa Barbora Zahlavova Strycova e foi derrotada por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 1/6 e 7/5, em 2h20min de partida. O revés manteve o jejum de vitórias da italiana em 2014. Ainda sem vencer na temporada, Schiavone acumulou a 9ª derrota consecutiva, desde o fim de 2013.

No piso duro da competição em Florianópolis, a tenista da Itália teve fraco desempenho no saque. Cometeu oito duplas faltas e só acertou 64% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço. Assim, acabou sofrendo cinco quebras de saque.

Na segunda rodada, Strycova terá pela frente a casaque Yaroslava Shvedova, que avançou ao derrotar a espanhola Silvia Soler-Espinosa por 7/6 (7/1) e 7/6 (7/1). Ainda nesta sgeunda, a espanhola Garbiñe Muguruza, segunda cabeça de chave, derrotou a norte-americana Vania King por 6/2, 3/6 e 7/5.

Muguruza, uma das surpresas do último Aberto da Austrália, vai encarar agora Chanelle Scheepers. A sul-africana foi à segunda rodada ao superar a israelense Julia Glushko por 4/6, 6/0 e 6/3.

A programação do torneio, que foi atrasada por causa da chuva no domingo, prevê duas participações brasileiras ainda nesta segunda. Beatriz Haddad Maia e Gabriela Cé entraram em quadra mais tarde. Já Maria Fernanda Alves acabou sendo eliminada na primeira rodada do qualifying.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.