Ghem e Fabiano entram na chave do quali do Aberto da Austrália

Brasileiros podem se juntar a Thomaz Bellucci e João Souza, o Feijão, que já estão garantidos na fase principal da competição

Estadão Conteúdo

25 de dezembro de 2014 | 13h53

O Brasil poderá ter até quatro representantes na chave principal do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada 2015 do circuito profissional de tênis. André Ghem e Fabiano de Paula garantiram vaga no qualifying e poderão se juntar a Thomaz Bellucci e João Souza, o Feijão, caso avancem pela fase preliminar do torneio.

Ghem é o atual número três do Brasil, atrás somente de Bellucci e Feijão. No ranking da ATP, figura em 166º. Aos 32 anos, ele disputará o quali do Aberto da Austrália pela quarta vez. Em 2012, obteve seu melhor resultado ao ser eliminado somente na terceira e última partida da chave.

Fabiano de Paula, no 216º lugar do ranking, vai fazer sua segunda participação no quali em Melbourne. Em 2013, caiu logo na largada. Fabiano e Ghem nunca disputaram a chave principal de um Grand Slam.

Na Austrália, o Brasil poderá ter mais um tenista no quali. Guilherme Clezar está na lista de espera, aguardando três desistências para entrar nesta chave.

No feminino, o País terá apenas uma representante. Teliana Pereira está a apenas uma desistência de entrar direto na chave principal. Assim, tem boas chances de pular o qualifying e disputar a chave maior pelo segundo ano consecutivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.