Philippe Huguen/ AFP
Philippe Huguen/ AFP

Goffin bate Tsonga e definição do título da Copa Davis fica para quinta partida

Com o resultado, confronto entre França e Bélgica, agora, está empatado em 2 a 2

Estadao Conteudo

26 Novembro 2017 | 13h58

O belga David Goffin venceu o francês Jo-Wilfried Tsonga neste domingo e deixou a definição da taça da Copa Davis para a última partida. O confronto entre França e Bélgica, agora, está empatado em 2 a 2.

+ Leia mais sobre tênis

Apesar da torcida contrária na quadra dura do Stade Pierre Mauroy, em Lille, Goffin conseguiu a vitória por 3 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5), 6/3 e 6/2, em 2h47 de partida. O belga fez um jogo perfeito, não cometeu duplas faltas.

A definição do título sairá do quinto jogo, entre Lucas Pouille e Steve Darcis. A partida está marcada para acontecer ainda neste domingo, às 14 horas (de Brasília). A França tenta o décimo título do torneio, enquanto a Bélgica, luta pela taça ainda inédita.

Os franceses tentam acabar com a sina de vice. Nas últimas três disputas, em 2002, 2010 e 2014, perdeu a final. Os belgas chegaram à decisão pela segunda vez em três anos, mas nunca conseguiram vencer.

Na partida deste domingo, Goffin encontrou bastante dificuldade, especialmente no primeiro set, quando Tsonga teve aproveitamento de 75% nos primeiros serviços e conseguiu seis aces. Ainda desperdiçou um set point no 11º game. O belga teve mais tranquilidade, não forçou tanto o jogo e fechou em 7/5.

O francês parece ter sentido a perda do set inicial e passou a errar mais na sequência da partida. Os primeiros saques de Tsonga pararam de entrar e Goffin passou a pressionar mais no segundo serviço. No sexto game, o belga teve duas chances para quebrar o saque do francês e conseguiu. Na sequência, manteve a tranquilidade e abriu 2 a 0 de vantagem na partida.

No set final, Tsonga demonstrou bastante nervosismo e Goffin conseguiu abrir duas quebras logo no início. O lance mais polêmico da partida aconteceu durante uma troca de bolas, quando o francês tinha o breakpoint.

Tsonga devolveu a bola para o outro lado, mas pensou que a batida de Goffin havia saído e parou. O juiz de linha não sinalizou nada, o belga seguiu o lance, colocou a bola em quadra e venceu o ponto. O árbitro de cadeira confirmou o ponto, Tsonga ficou indignado, os torcedores passaram a protestar, mas a decisão não foi alterada. Goffin confirmou os serviços na sequência e fechou a partida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.