Alastair Grant / AP Photo
Alastair Grant / AP Photo

Goffin passa fácil por Thiem e pegará Federer na semifinal do ATP Finals

Outra semifinal do torneio também já está definida

Estadão Conteúdo

17 Novembro 2017 | 13h46

O ATP Finals de 2017 conheceu nesta sexta-feira seu último classificado para as semifinais. Trata-se do belga David Goffin, que venceu o confronto direto diante do austríaco Dominic Thiem por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1, e confirmou a vaga na próxima fase do torneio que reúne os oito principais tenistas da temporada em Londres.

+ Jack Sock vence, elimina Zverev e avança à semifinal do ATP Finals

+ Já classificado, Federer bate Cilic e passa invicto às semifinais do ATP Finals

Sétimo cabeça de chave, Goffin surpreendeu o quarto favorito do torneio e venceu com facilidade, em somente 1h11min de partida. Ele chegou à segunda vitória em duas partidas - havia batido Rafael Nadal na estreia - e terminou segunda colocação do Grupo Pete Sampras, atrás do búlgaro Grigor Dimitrov, o outro classificado da chave.

Ainda nesta sexta, Dimitrov vai encarar o espanhol Pablo Carreño Busta para cumprir tabela. No Grupo Boris Becker, o suíço Roger Federer passou como primeiro colocado, enquanto o norte-americano Jack Sock ficou com a segunda vaga. Com isso, as semifinais já estão definidas. Goffin vai encarar Federer, enquanto Dimitrov pega Sock.

Nesta sexta, Goffin e Thiem fizeram um jogo equilibrado no primeiro set, mas o belga logo confirmou duas das três oportunidades de quebra que teve para largar em vantagem. Ele manteve o ritmo no segundo set e contou com dia pouco inspirado do rival para arrancar e fechar sem qualquer dificuldade.

Thiem teve dia decepcionante no saque e acertou somente 43% do primeiro serviço. O problema é que quando o saque não encaixou, o austríaco venceu apenas 36% dos pontos no segundo serviço.

Mais conteúdo sobre:
tênis David Goffin Dominic Thiem

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.