Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Eric Vidal/Reuters
Eric Vidal/Reuters

Goffin vence, Bélgica bate a Itália e pega Austrália na semifinal da Davis

Tenista venceu Paolo Lorenzi por 3 sets a 0 com tranquilidade, em parciais de 6/3, 6/3 e 6/2

Estadão Conteudo

09 de abril de 2017 | 12h26

O último classificado às semifinais da edição de 2017 da Copa Davis foi definido neste domingo. David Goffin confirmou o favoritismo no confronto com Paolo Lorenzi, levou a melhor diante de sua torcida na cidade de Charleroi e garantiu o terceiro ponto da Bélgica nas quartas de final contra a Itália.

Número 14 do mundo, Goffin não teve maiores dificuldades para bater Lorenzi, 38.º do ranking, por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/3 e 6/2, em pouco menos de duas horas de partida. Era o que a Bélgica precisava para fechar o confronto melhor de cinco diante da Itália por 3 a 1.

O mesmo Goffin já havia garantido um ponto ao país ao bater Andreas Seppi na sexta-feira, mesmo dia em que Steve Darcis passou por Lorenzi. Com a corda no pescoço, a Itália impediu que os belgas fechassem o confronto com a vitória no jogo de duplas, no último sábado, mas neste domingo não teve jeito e o favoritismo de Goffin falou mais alto.

Com a classificação, a Bélgica ficou mais perto de seu primeiro título na Copa Davis. O país tem duas idas a finais, em 1904 e 2015, como melhores resultados. Mas para igualar estas campanhas, terá que encarar a Austrália, que eliminou os Estados Unidos também neste domingo.

A outra série da semifinal foi definida já no sábado e colocará frente a frente Sérvia e França. Os sérvios passaram sem maiores dificuldades pela Espanha, em Belgrado, enquanto a França também aproveitou o fator casa, em Rouen, para eliminar a Grã-Bretanha.

Tudo o que sabemos sobre:
TênistênisCopa Davis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.