Alejandro García/EFE
Alejandro García/EFE

Goffin vira sobre Bautista e pega Nadal nas semifinais em Barcelona

Belga precisou de quase duas horas e meia para derrotar o espanhol por 2 sets a 1

Estadão Conteúdo

27 de abril de 2018 | 17h06

O belga David Goffin teve muita dificuldade, mas confirmou o favoritismo e avançou às semifinais do Torneio de Barcelona nesta sexta-feira. Quarto cabeça de chave da competição, ele virou sobre o espanhol Roberto Bautista Agut e venceu nas quartas por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (3/7), 6/2 e 6/2

+ Nadal sofre, mas vence algoz de Djokovic e vai à semifinal em Barcelona

+ Halep é surpreendida por norte-americana e cai nas quartas em Stuttgart

+ Favorita em Istambul, Wozniacki abandona nas quartas de final por lesão

Número 10 do mundo, Goffin suou e precisou de quase duas horas e meia, mas eliminou o oitavo cabeça de chave em Barcelona. Agora, porém, terá tarefa das mais complicadas. O belga vai encarar ninguém menos que o líder do ranking mundial, o também espanhol Rafael Nadal.

O grande favorito ao título também teve certa dificuldade, mas passou pelo eslovaco Martin Klizan nesta sexta. Ao todo, ele soma agora 42 parciais vencidas de forma consecutiva sobre o saibro. Com este embalo, ele busca conquistar seu 11º troféu em Barcelona, assim como fez no Masters 1000 de Montecarlo, na semana passada.

Esta será a quarta vez que Nadal e Goffin se enfrentarão, com retrospecto equilibrado e duas vitórias para o espanhol. Estes triunfos, no entanto, aconteceram justamente no saibro, enquanto a única vez que o belga levou a melhor foi em quadra dura.

BUDAPESTE

 No Torneio de Budapeste, na Hungria, o principal favorito vivo confirmou esta condição e avançou às semifinais nesta sexta-feira. Cabeça de chave número 5, o eslovaco Aljaz Bedene suou, mas eliminou o italiano Lorenzo Sonego por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 2/6 e 6/2.

Na semifinal, Bedene terá pela frente o vencedor do duelo entre o australiano John Millman e o alemão Yannick Maden. Na outra chave, a briga por uma vaga na decisão está definida. O italiano Marco Cecchinato passou pelo alemão Jan-Lennard Struff e pegará o italiano Andreas Seppi, que eliminou o georgiano Nikoloz Basilashvili.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.