Michael Bradley/AFP
Michael Bradley/AFP

Görges desbanca Wozniacki em Auckland e fatura 3º título seguido

Alemã levanta taça na Austrália após conquistas em Moscou e Zhuhai no fim de 2017

Estadão Conteúdo

07 Janeiro 2018 | 11h06

Mantendo o embalo do fim da temporada passada, a tenista alemã Julia Görges começou 2018 da mesma forma que terminou 2017: conquistando título. Neste domingo, ela desbancou a dinamarquesa Caroline Wozniacki na final em Auckland e faturou o troféu da competição disputada na Nova Zelândia.

+ Leia mais notícias sobre tênis

+ Bia Haddad estreia com vitória no Torneio de Hobart

Görges superou a ex-número 1 do mundo pelo placar de 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/4), em 1h30min de confronto. Como vinha de dois títulos seguidos obtidos no fim do ano passado - Moscou e Zhuhai -, ela acumula agora a marca de 14 vitórias consecutivas no circuito.

"Vencer hoje não é sobre vencer aqui hoje, mas sobre manter minha consistência ao longo das últimas semanas e meses", disse a alemã, ao comemorar o título em Auckland. Foi o primeiro troféu dela no torneio, após ser vice-campeã por duas vezes. A tenista de 29 anos soma agora quatro títulos de nível WTA.

Para obter esta conquista, Görges precisou mostrar esta consistência desde o primeiro ponto da partida. Com uma forte atuação no set inicial, não deu chances a Wozniacki, que fazia início lento, a exemplo do que aconteceu ao longo de toda a temporada 2017.

+ Tenista Thomaz Bellucci correu riscos ao esconder doping

A alemã terminou o set inicial sem ter o saque ameaçado, e com uma quebra de saque. Na segunda parcial, a dinamarquesa equilibrou as ações. Cada tenista faturou uma quebra e o duelo foi decidido no tie-break. Wozniacki até tentou, mas já era tarde demais para iniciar a reação, enquanto Görges seguia exibindo o mesmo ritmo do começo da partida.

Com o resultado, Wozniacki acumula mais um vice-campeonato na carreira e repete a rotina de 2017. Na temporada passada, ela disputou oito finais, mas foi campeã apenas duas vezes. O prêmio de consolação para a dinamarquesa é a subida no ranking, para o segundo lugar, a partir da lista atualizada nesta segunda-feira.

Mais conteúdo sobre:
Julia Goerges Caroline Wozniacki

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.