Guga acaba com jejum e volta a vencer

Depois de cinco derrotas consecutivas, Gustavo Kuerten finalmente voltou a vencer. Nesta terça-feira, o tenista brasileiro passou fácil pelo checo Bohdan Ulirach, em sua estréia no Masters Series de Paris. Guga ganhou por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4, e agora irá enfrentar o vencedor do jogo entre o norte-americano Andy Roddick e o holandês Sjeng Schalken.Guga precisou de apenas 54 minutos para chegar a um resultado que vai mantê-lo na liderança do ranking mundial por, pelo menos, mais duas semanas, até a disputa do Master Cup, em Sydney.Agora, Guga já respira bem mais aliviado, depois de contabilizar cinco derrotas consecutivas, e só volta a jogar nesta quinta-feira, diante do vencedor da partida entre o holandês Sjeng Schalken e a revelação norte-americana Andy Roddick.A esperança de Guga é de ir longe neste Masters Series de Paris, torneio em que alcançou as semifinais no ano passado. Seu objetivo e afugentar de vez o fantasma da má fase, ganhar ritmo de jogo e, especialmente, confiança em seus golpes.A confiança parece já estar voltando. Guga aplicou golpes perfeito diante de Ulihrach e queria tanto acertar bem na bolinha que comemorou e vibrou muito com suas melhores e mais importantes jogadas.Em outros jogos da rodada, Juan Carlos Ferrero (Espanha) ganhou de Albert Portas (Espanha) por 6/3 e 6/4; Sjeng Schalken (Holanda) de Federico Luzzi (Itália) por 6/4 e 6/2; Julien Boutter (França) de Andrei Pavel (Romênia) por 6/4 , 3/1 e desistência; Domink Hrbaty (República Eslovaca) de Max Mirnyi (Bielo-Rússia) por 6/2 e 7/6 (7/4); e Albert Costa de Michael Llodra (França) por 7/6 (7/1) e 6/1.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.