Guga busca reação no Masters de Miami

Eliminado na primeira rodada do Masters Series de Indian Wells, ao perder para o norte-americano Taylor Dent por 7/5 e 6/4, Gustavo Kuerten tem o objetivo de buscar a reação no torneio de Miami, competição do mesmo nível e que já chegou a final há alguns anos. "Sabia que seria uma estréia muito perigosa", afirmou Guga, que vai continuar nos Estados Unidos até a disputa do MS de Key Biscayne no dia 24, em Crandon Park. Guga lamentou as oportunidades desperdiçadas diante de Dent. No segundo set, especialmente, quebrou por duas vezes o serviço do adversário, mas acabou cedendo o seu. "Não consegui ganhar ritmo. Todo mundo sabe que gosto de bater bola de fundo e sentir os golpes, até conseguir atacar. Mas, desta vez, não deu. Espero que em Miami a história seja outra." Vice-campeão no ano passado em Indian Wells, a entrevista coletiva de Guga foi bastante concorrida, embora tenha perdido logo na primeira rodada este ano. Depois de explicar os motivos de sua derrota, o boicote da Copa Davis no Brasil chamou atenção. Preocupado em evitar qualquer mal entendido, Guga pediu até mesmo desculpas para qualquer falha em seu inglês, embora fale com fluência e um vocabulário elogiável. Queria evitar qualquer má interpretação. Como ninguém pediu um tradutor, o tenista brasileiro revelou sua indignação pela troca do capitão da equipe brasileira e o fato de os jogadores não terem sido consultados sequer pela escolha da sede do confronto com o Paraguai. "Desde 1997 - quando ganhei Roland Garros pela primeira vez - até agora, nada foi feito pelo tênis brasileiro. Espero que as coisas mudem, pois fiz a coisa certa na hora certa.". Para evitar que a Copa Davis invada sua concentração, Guga deve continuar nos Estados Unidos por mais duas semanas, se preparando para o Masters Series de Key Biscayne, torneio em que não tem pontos para defender e poderá fazer boa campanha, ao lado de uma forte torcida brasileira, sempre presente em Miami. Além da derrota da Guga, a perda mais marcante no torneio de Indian Wells foi a de Kim Clijsters, que apesar de ter vencido seu jogo de estréia, anunciou sua retirada da competição por causa de uma lesão. Em outros jogos, Andy Roddick ganhou de Jan-Michael Gambill por 7/6 (6/3) e 6/2; Jiri Novak e de Anthony Dupuis por 6/2 e 6/0; e Guillermo Coria de Sargis Sargsian por 6/3 e 6/2.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.