Guga comemora a 33ª vitória no saibro

Com mais duas boas vitórias no Foro Itálico de Roma, em apenas um dia, Gustavo Kuerten abriu as portas para mais um título importante em quadras de saibro. O tenista está perto de completar um ano sem derrotas nesta superfície, em torneios válidos para Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) e ao somar 33 vitórias surge uma questão: quem pode vencer Guga em seu terreno preferido? A resposta pode estar com a revelação sueca Andreas Vinciguerra, que neste sábado pode acabar com o reinado de Kuerten, como também ser mais uma vítima em um dos jogos das semifinais do Masters Series de Roma. A outra semifinal reunirá o equatoriano Nicolas Lapentti e o espanhol Juan Carlos Ferrero, às 9h30 de Brasília e a seguir Guga x Vinciguerra. As duas partidas terão transmissão da SporTV.Em busca da coroa de rei de Roma, Guga não quis deixar dúvidas de seu atual momento e de sua incrível performance em quadras de saibro. Na primeira partida do dia, derrotou o argentino Franco Squillari com impressionante facilidade ao marcar 6/1 e 6/2. Não deu qualquer chance ao adversário e mostrou ter se reencontrado com seu melhor nível de jogo.Na sessão noturna, Guga voltou à quadra para enfrentar um bom conhecido: o espanhol Alex Corretja. Novamente o brasileiro teve total domínio do jogo e aplicou nova vitória em dois sets, com parciais de 6/2 e 6/3.O mais importante nestas atuações do brasileiro é que mostrou novos recursos técnicos e soube também ganhar pontos junto à rede. Na partida contra Corretja, por exemplo, em 20 voleios, ganhou 18 pontos.ESCALADA - Para chegar a mais um título no saibro, Guga ostenta um retrospecto respeitável. Sua última derrota nesta superfície foi justamente na final do ano passado no Masters Series de Roma, quando perdeu o título para o sueco Magnus Norman. Depois ganhou seis jogos na campanha vitoriosa de Hamburgo, mais sete no bicampeonato de Roland Garros, outros cinco este ano em Buenos Aires e mais cinco em Acapulco.Em Roma venceu mais quatro partidas. A única exceção vem com a derrota na Copa Davis - não válido para a ATP - em que o brasileiro perdeu para o australiano Lleyton Hewitt, jogando em Florianópolis.Com sua classificação para as semifinais de Roma, Guga já soma 225 pontos para o ranking mundial e outros 45 para a corrida dos campeões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.