Guga confirma que vai jogar Wimbledon

Em busca do tempo perdido, Gustavo Kuerten promete ter uma temporada das mais agitadas em 2003. Segundo seu calendário, anunciado nesta quinta-feira, só no primeiro semestre irá disputar 22 semanas de torneios, o que será bastante exigente, comparado ao fato de os principais jogadores disputarem em média num ano aproximadamente 25 semanas.Se o físico agüentar um primeiro semestre de muitas competições, Guga muito provavelmente já poderá comemorar nos primeiros meses do próximo ano uma rápida recuperação no ranking mundial, em que ocupa atualmente a 37ª colocação. Também como era de se esperar, o tenista brasileiro vai investir nas competições de saibro, o seu terreno preferido.Planeja jogar nesta superfície oito competições, contra seis em quadras sintéticas. "Meu calendário será praticamente o mesmo de outras temporadas, com exceção deste ano em que tive de passar pela cirurgia", afirmou Guga. "A diferença é que vou jogar os maiores torneios e todos os Grand Slams e Masters Series." A novidade será mesmo sua participação no torneio de Wimbledon, que não joga há dois anos, mas já esteve nas quartas-de-final, numa bela campanha.Como a competição em Londres é sempre duas semanas apenas depois de Roland Garros, Guga prefere investir e colocar todas suas forças para ganhar Paris. Depois, como sofreu vários anos com dificuldades para recuperar a condição física, desistiu de ir para o tradicional Wimbledon.O ano de Guga começa na Oceania, para onde viaja no dia 1º de janeiro, jogando a partir do dia 6 em quadras rápidas no ATP Tour de Auckland, na Nova Zelândia, na primeira vez que disputa esta competição. Com este "aperitivo" espera chegar bem preparado para o Aberto da Austrália, em que jamais passou da segunda rodada. Agora, viaja para Melbourne com perspectivas bem mais ousadas.Guga vai ser obrigado a manter-se nas superfícies sintéticas. Na primeira semana de fevereiro integra a equipe brasileira da Copa Davis, para o confronto diante da Suécia, em Helsinborg, em quadras de carpete. Depois espera poder ir para o saibro, em competições que ainda não estão confirmadas, como Buenos Aires e Acapulco.O circuito da ATP, obrigará mais uma vez Guga a ir para as quadras rápidas nos Masters Series de Indian Wells e Miami. E só então dará início ao que costuma chamar de seu "ganha pão", jogando a partir de 14 de abril na temporada européia de saibro, começando com Monte Carlo - que já foi campeão duas vezes - seguindo para Barcelona, Roma, Hamburgo e culminando com Roland Garros, na última semana de maio. No mês seguinte, vai à grama de Wimbledon, sem nenhum torneio preparatório para esta superfície.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.